Descobertas guias florestais falsificadas

Um esquema de falsificação de Guias Florestais e créditos de produtos florestais foi descoberto pela gerência do Ibama em Altamira (PA), com apoio da Polícia Federal. Até agora, três empresas com alguma participação no plano foram multadas em 500 mil reais, no total. A firma fantasma responsável pela adulteração fica no município de Medicilândia, no  centro-oeste do Pará, e foi visitada pelos fiscais do órgão ambiental. Na suposta sede, havia apenas um barracão abandonado. Geralmente, as madeiras eram compradas em tora de assentados por baixos preços e, depois de serradas, seus donos adquiriam as guias ilegais de intermediários.

Por Salada Verde
8 de agosto de 2008

Mato Grosso usa mapa de pressão ambiental

A secretaria de meio ambiente de Mato Grosso anunciou que pretende adotar os mapas de risco de desmatamento elaborados pelo Instituto Centro de Vida (ICV) para orientar suas ações de controle das derrubadas. Começará por uma campanha de notificação, para incentivar o licenciamento de todas as propriedades rurais. Hoje, em termos de área, a legalização não cobre nem 30% de Mato Grosso.

Por Salada Verde
8 de agosto de 2008

Pacotão do Chico Mendes mato-grossense

Os deputados José Riva (PP) e Dilceu Dal Bosco (DEM), de Mato Grosso, resolveram explicar melhor o que consiste sua idéia de criar a “Reserva Ambiental Chico Mendes” no extremo noroeste do estado. Pelo que já divulgaram, querem transformar uma área de 2,7 milhões de hectares nos municípios de Rondolândia, Colniza e Aripuanã, que já são parcialmente protegidos pela existência de oito unidades de conservação estaduais, em local destinado à “regularização de reservas legais, recomposição e ou compensação florestal, manejo florestal sustentável, utilização para pesquisa científica, utilização de reservas extrativistas e turismo ecológico”. A coletiva acontece na próxima segunda.

Por Salada Verde
8 de agosto de 2008

Terra de ninguém no noroeste

O acesso a esses municípios é precário e o trânsito pelas estradas mal conservadas é praticamente exclusivo de caminhões de madeira. Esta é uma área que submete estações ecológicas e reservas extrativistas a pressões de desmatamentos e invasões há muitos anos, sem que até hoje nenhum governo tenha tomado providências.

Por Salada Verde
8 de agosto de 2008

Água mole em pedra dura

O juiz Eugênio Couto Terra, da 1ª Vara de Fazenda no Rio Grande do Sul, aceitou a ação civil pública movida por entidades civis contra a presidente da Fundação Estadual de Proteção Ambiental Ana Maria Pellini. As ONGs a acusam de improbidade administrativa e pedem seu afastamento do cargo, pois ela teria instalado um “clima de terror” no órgão público, pressionando servidores a deixar de lado a proteção ambiental em nome do crescimento econômico a qualquer preço. Segundo nota dos ambientalistas, Terra considerou cabível e legítima a ação pública, garantindo o exame do mérito da questão. O processo 001/1.08.0208326-2 pode ser acompanhado aqui.

Por Salada Verde
8 de agosto de 2008

Governo habilita geradoras de energia

Leilão de energia no dia 19 de agosto terá como principal oferta usinas que queimam o poluente óleo combustível. Mas há boa quantidade de empreendimentos de energia eólica e biomassa.

Por Salada Verde
7 de agosto de 2008

Fundação O Boticário recebe prêmio

A Fundação O Boticário de Proteção à Natureza é uma das seis ganhadoras do Prêmio Brasil Ambiental 2008, dado pela Câmara de Comércio Americana (Amcham) para projetos de preservação. A Fundação venceu na categoria Gestão da Água, com o Projeto Oásis. A iniciativa contribui para a proteção de mananciais que abastecem de água quatro milhões de pessoas na Grande São Paulo. Esta é a segunda vez que a Fundação O Boticário recebe o Prêmio Brasil Ambiental. Em 2005, ano da primeira edição da premiação, a Fundação venceu na categoria Florestas, com a Reserva Natural Salto Morato.

Por Salada Verde
7 de agosto de 2008

Carvão vegetal é leiloado no Pará

Um lote com mais de 26 mil metros cúbicos de carvão vegetal apreendidos pelo Ibama em 2006 na Usina Siderúrgica Pará (Usipar) será leiloado nesta sexta-feira. O evento será realizado pelo governo do Pará e está marcado para Barcarena, na região metropolitana de Belém. Quem tiver interesse em adquirir a matéria-prima precisará desembolsar, no mínimo, 120 reais por metro cúbico – o lance inicial. O produto será vendido à vista e, após a compensação bancária, o comprador terá sete dias para retirá-lo. O valor arrecadado será usado em ações de combate aos crimes ambientais.

Por Salada Verde
7 de agosto de 2008

Híbrido da Lotus fará barulho

Famosa pelo currículo na Fórmula-1, a Lotus vai botar seu híbrido para fazer barulho quando o motor rodar na eletricidade. Os cegos e ciclistas acham o silêncio do carro um perigo.

Por Salada Verde
7 de agosto de 2008

Um exagero ambiental

Marburg, cidade na Alemanha que é um dos principais redutos de uso de fontes de energia alternativas, está em pé de guerra. O governo municipal é acusado de instaurar uma ditadura verde. Tudo porque baixou uma ordem determinando que, a partir de outubro, qualquer novo prédio construído na área urbana terá que ter o grosso de sua eletricidade gerado por placas solares. Todo mundo é a favor disso. A polêmica está em outro ponto da ordem, que obriga a converter para energia solar qualquer construção que passar por uma reforma. Uma ótima reportagem do The New York Times mostra que nem sempre um proprietário de casa em reforma tem condições de pagar esse custo. Um dos entrevistados planejava, por exemplo, refazer todo o isolamento de sua casa, para que ela consumisse ar condiconado e aquecimento de modo mais eficiente. Mas isso o obrigaria a instalar painéis solares, dobrando o valor da obra. Resultado, sua casa não vai receber painéis solares e nem melhorar o seu consumo de energia.

Por Salada Verde
7 de agosto de 2008