Conheça o desmatador que financiou atos golpistas no Mato Grosso

Argino Bedin é um empresário bolsonarista suspeito de financiar atos golpistas no MT, segundo o STF.

Bedin fez um PIX de R$ 1 para a campanha de Bolsonaro e doou R$ 50 mil para Acacio Ambrosini (Republicanos-MT), que também não se elegeu

O fazendeiro foi multado pelo Ibama em 1998 e 2008 por queimadas e atividades em áreas embargadas em Sorriso, MT.

As multas ambientais foram aplicadas no mesmo local onde hoje funciona o Aeroporto Adolino Bedin, em homenagem ao pai dele.

A família Bedin foi uma das pioneiras no cultivo de soja em Sorriso, nos anos 1980

O patriarca Adolino Bedin era um gaúcho natural de Lagoa Vermelha que chegou ao Mato Grosso em 1977.

O sucessor, Argino, se tornou conhecido como o “Pai da Soja” no município. Hoje planta cerca de oito mil hectares do grão.

A produção dos Bedin é escoada para o Pará pela rodovia BR-163, cujo asfaltamento foi concluído no governo Bolsonaro;

Reportagem: Juan Ortiz Fotografia: Alan Santos Sergio Zacchi Eduardo Monteiro/MONTSOU Rafael Carvalho Eugenio Hansen Fernando  Martinho/Ed.Globo Alan Santos/PR Alberto César Araújo Edição: Jéssica Martins