Notícias

Briga

Quando uma construtora resolveu construir dois prédios em terrenos muito próximos à sua fábrica em São Bernardo do Campo (SP), a Ford avisou: vai dar problema. A construtora não quis nem saber. Levantou sua obra e criou uma pendenga judicial que corre há 3 anos. Os moradores reclamam de vibrações insuportáveis em seus apartamentos. A Ford não fala, mas é evidente que ao sugeir que o condomínio fosse construido em outro lugar, tinha ciência de que era grande a possibilidade de confusão. A construtora foi avisada, mas alega que a empresa desrespeita as normas de ruídos e já foi autuada pela Cetesb. Alguém fez papel de bobo. Tudo indica que foram os compradores dos apartamentos. O Valor (só para assinantes) diz que o caso preocupa os sindicatos do ABC. Temem que estas disputas ambientais acabem levando as empresas para longe da cidade.

Manoel Francisco Brito ·
15 de setembro de 2004 · 20 anos atrás

Leia também

Reportagens
15 de abril de 2024

Área de mangue bem conservado cresce 33% na APA Guapi-Mirim, na Baía de Guanabara

Proteção assegurada por unidades de conservação favoreceu regeneração natural; Atividades do Gaslub (antigo Comperj) ameaçam APA e Esec Guanabara

Reportagens
15 de abril de 2024

Destruição do Cerrado emperra mega corredor da onça-pintada

É inadiável ampliar unidades de conservação e melhor alocar a vegetação legalmente protegida para salvar espécies nativas

Salada Verde
15 de abril de 2024

Cachorros-vinagres são fotografados no maior parque federal do país

Ameaçada de extinção, espécie foi registrada pela primeira vez no Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, no Amapá, através de armadilhas fotográficas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.