Notícias

Berços da evolução

Reportagem no The New York Times conta que o estudo de pesquisadores americanos está mudando a visão da importância das ilhas no processo de evolução das espécies. Até há pouco, elas eram consideradas uma espécie de beco sem-saída para a fauna por conta do isolamento a que ela parecia estar condenada. Longe disso, sabe-se agora que nas ilhas, os bichos não estão necessariamente isolados. De alguma maneira, conseguem migrar para outros lugares impondo suas mutações em colônias de bichos da mesma espécie. Isso significa que preservar fauna e flora de ilhas é fundamental para garantir a evolução futura da vida no planeta Terra.

Redação ((o))eco ·
24 de novembro de 2005 · 19 anos atrás

Reportagem no The New York Times conta que o estudo de pesquisadores americanos está mudando a visão da importância das ilhas no processo de evolução das espécies. Até há pouco, elas eram consideradas uma espécie de beco sem-saída para a fauna por conta do isolamento a que ela parecia estar condenada. Longe disso, sabe-se agora que nas ilhas, os bichos não estão necessariamente isolados. De alguma maneira, conseguem migrar para outros lugares impondo suas mutações em colônias de bichos da mesma espécie. Isso significa que preservar fauna e flora de ilhas é fundamental para garantir a evolução futura da vida no planeta Terra.

Leia também

Salada Verde
24 de maio de 2024

Comissão da Câmara aprova projeto que aumenta pena para crime ambiental na Amazônia

Proposta também inclui penalização de servidores e agentes públicos que se omitirem diante de tais crimes. Ascema vai avaliar conteúdo do texto

Notícias
24 de maio de 2024

Desastres ambientais afetaram 418 milhões de brasileiros em 94% das cidades, diz estudo

Levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) mostra que cada brasileiro enfrentou, em média, mais de duas situações de desastre entre 2013 e 2023

Salada Verde
24 de maio de 2024

A despedida da flor-de-maio 

A bela floração dessa espécie endêmica da Mata Atlântica dura de 15 a 20 dias e ocorre somente uma vez por ano

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.