Notícias

Delegação brasileira para COP dos Emirados Árabes tem 2,4 mil inscritos

Número é recorde na história das Conferências do Clima: maior delegação já registrada tinha cerca de 1500 pessoas. Evento já foi usado para turismo

Cristiane Prizibisczki ·
20 de novembro de 2023

A Conferência do Clima da ONU deste ano, que começa daqui a poucos dias nos Emirados Árabes, vai contar com número recorde de brasileiros. Segundo informações divulgadas pelo Governo Federal na tarde desta segunda-feira (20), a delegação do Brasil conta, até a data, com cerca de 2.400 inscritos. 

O número não é recorde somente para o país, mas também para a história das COPs. A maior delegação já registrada pela ONU foi em 2016, durante a COP 22, no Marrocos, quando a nação anfitriã enviou 1.591 participantes

Sobre a participação brasileira, um dois maiores números de delegados já registrados aconteceu em 2009, durante a COP 15, realizada em Copenhague, quando o Brasil enviou 743 pessoas. 

Em 2022, na COP do Egito, 570 brasileiros atenderam ao evento, a segunda maior delegação da Conferência, ultrapassada somente pelos Emirados Árabes, que enviaram ao balneário de Sharm el-Sheikh 1.073 pessoas, em preparação para a Conferência deste ano. 

A título de comparação, no ano passado, o anfitrião Egito enviou somente 155 delegados.

“É um maravilhoso sinal de que nossa delegação seja muito grande, isso demonstra que há uma atenção enorme no Brasil, nas áreas mais diversas, e um desejo muito grande de assistir ao debate mais avançado que há sobre esse tema e que já foi incorporado pelo Brasil de maneira muito impressionante”, disse o embaixador André Aranha Corrêa do Lago, secretário de Clima, Energia e Meio Ambiente do Ministério das Relações Exteriores.

Segundo Corrêa do Lago, muitos dos que estão inscritos pelo Brasil são membros da academia e representantes da sociedade civil e setor empresarial. Cerca de 400 são membros do governo.

“A presença de uma grande delegação é um sinal de quanto o Brasil está comprometido com o debate de mudanças do clima e o quanto todos esses setores da sociedade brasileira querem participar do debate para trazer para o Brasil o que de mais novo”, disse.

Os números inflados, no entanto, podem não significar exatamente uma maior participação brasileira nos debates climáticos internacionais. Organizações brasileiras temem que o evento seja usado para fazer turismo, como aconteceu em anos anteriores. 

Entre os representantes brasileiros na COP do Egito, por exemplo, estavam vários nomes de acompanhantes, como esposas e primeiras damas, assim como revelou matéria da Folha de S.Paulo à época.

  • Cristiane Prizibisczki

    Cristiane Prizibisczki é Alumni do Wolfson College – Universidade de Cambridge (Reino Unido), onde participou do Press Fellow...

Leia também

Salada Verde
10 de novembro de 2023

Galeria: Com proximidade da COP, mobilização pelo clima se espalha pelo mundo

Organizações da sociedade civil promovem ação no Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS) e em Silves (AM). Também ocorreram protestos em outras cidades pelo mundo, como esquenta para a COP 28. Veja fotos:

Notícias
9 de agosto de 2023

Países com grandes porções de florestas se unem em bloco de negociação internacional

Anunciado na Conferência do Clima de 2022, “Bloco de florestas” foi formalizado nesta quarta-feira (9) no Brasil. Doze países fazem parte

Notícias
23 de maio de 2024

Governo finaliza processo de concessão do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães

Concessão tem prazo de 30 anos e é voltada para prestação de serviços públicos de apoio aos serviços turísticos da unidade. Valor inicial dos ingressos será de R$ 30

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.