Salada Verde

19 de junho, primeiro Dia Mundial do Albatroz

Entre 30 e 40 mil Albatrozes morrem todos os anos vitimados pela poluição dos oceanos, mudanças climáticas e interação com diversas modalidades de pesca industrial

Daniele Bragança ·
20 de abril de 2020 · 2 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Foto: Luciano Candisani/ProjetoAlbatroz.

A partir deste ano será comemorado, todo dia 19 de junho, o Dia Mundial do Albatroz e Petréis, aves marinhas em perigo de extinção. Segundo estimativas, entre 30 e 40 mil Albatrozes morrem todos os anos vitimados pela poluição dos oceanos, mudanças climáticas e interações com pesca. Para sensibilizar a população sobre a conservação dessas aves, o Acordo para a Conservação de Albatrozes e Petréis (ACAP), do qual o Brasil é signatário, decidiu instituir uma data comemorativa.

Os grandes albatrozes podem ter mais de 3 metros de envergadura, e os petréis, chegam a quase 1,5 metros de envergadura. As seis espécies de albatroz encontradas no Brasil estão ameaçadas de extinção. 

No Brasil, a campanha será encabeçada pelo Projeto Albatroz, patrocinado pela Petrobras, que realiza pesquisas e trabalha pela construção de políticas públicas sobre a espécie. Atualmente, o Projeto mantém bases nas cidades de Santos (SP), Itajaí e Florianópolis (SC), Itaipava (ES), Rio Grande (RS) e Cabo Frio (RJ).

Ameaças ao Albatroz

A pesca com espinhel, a poluição plástica dos mares e praias, as mudanças climáticas, a predação por animais exóticos e a reprodução lenta do animal um albatroz só atinge a maturidade sexual depois de seis ou sete anos e criam apenas um filhote por ninhada colocam a espécie entre as aves mais ameaçadas de extinção no planeta. 

 

Leia Também 

Réquiem para o Albatroz

“Peso seguro” a 1m do anzol não afeta pesca e reduz captura de aves, diz estudo

Camundongos assassinos, albatrozes e a seleção natural

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Análises
10 de setembro de 2012

Camundongos assassinos, albatrozes e a seleção natural

Albatrozes enfrentam um novo inimigo dentro do seu habitat: camundongos mutantes. Cortesia de antigos marinheiros e da seleção natural.

Notícias
22 de abril de 2019

“Peso seguro” a 1m do anzol não afeta pesca e reduz captura de aves, diz estudo

Pesquisadores do Projeto Albatroz analisaram mais de 26 mil anzóis, em 4 embarcações no sul do Brasil e concluíram que este tipo de peso é tão benéfico para a pesca quanto os outros

Análises
28 de abril de 2015

Réquiem para o Albatroz

Um passeio pelas praias nos revela o fim dos albatrozes. Não faltam elementos para a ave estar entre as mais ameaçadas de extinção no planeta.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Paulo diz:

    Mais um exemplo de como o ser Humano maltrata a natureza/Biodiversidade.

    Muita falta de vontade e preguiça dos governos mundiais.