Salada Verde

Ministério divulga lista oficial de parques e valores do Adote um Parque

Na primeira fase do programa, voltada para a Amazônia, estão disponíveis "para adoção" 132 unidades de conservação, com valores que chegam a 193 milhões de reais

Duda Menegassi ·
1 de março de 2021
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O Ministério do Meio Ambiente oficializou hoje, através de Portaria no Diário Oficial da União, a lista das unidades de conservação (UCs) selecionadas para o programa Adote Um Parque, e os valores mínimos de investimentos para cada um deles. O cálculo estabelece um valor de referência por hectare, sendo 50 reais para empresas nacionais e 10 euros para estrangeiras. A primeira fase do programa federal contempla apenas UCs inseridas na Amazônia, num total de 132 áreas protegidas, tanto de proteção integral quanto de uso sustentável. Os valores vão de R$193 milhões, no caso do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, a maior UC federal do Brasil, no Amapá, a R$128 mil para a menor UC federal da Amazônia, a Área de Relevante Interesse Ecológico Seringal Nova Esperança, no Acre.

O decreto que instituiu o Adote um Parque foi assinado no início de fevereiro, celebrado em evento oficial junto com a manifestação de interesse do grupo Carrefour em adotar a Reserva Extrativista do Lago do Cuniã, em Rondônia. Não foram divulgados mais detalhes sobre a proposta da empresa francesa, tampouco ficou claro ainda como funcionará a adoção no caso de unidades de conservação de uso sustentável, onde há presença de comunidades tradicionais.

*Foto de destaque: Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque. Foto: Zig Koch/ARPA

 

Leia também

Programa Adote Um Parque é lançado sob olhares de desconfiança

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação e montanhismo. Escreve para ((o))eco desde 2012. Autora do livr...

Leia também

Reportagens
10 de fevereiro de 2021

Programa Adote Um Parque é lançado sob olhares de desconfiança

Por fim, Salles oficializou a criação do programa que alardeava há tempos, de busca a adoção de 132 áreas protegidas na Amazônia. Apesar de pontos positivos, iniciativa ainda é vista com descrédito por ambientalistas

Notícias
25 de outubro de 2021

Como frear crises hídricas, as atuais e as futuras?

Acompanhamos de perto, por aqui, uma expansão imobiliária desordenada, que, à luz do dia, destrói nascentes e despeja esgoto diretamente em cursos d’água

Reportagens
25 de outubro de 2021

Como os estados cuidam da Amazônia: comparamos dados de proteção, orçamento e desmatamento

Análise exclusiva do ((o))eco se debruça sobre dados ambientais dos nove estados da Amazônia Legal para compreender diferenças e semelhanças nas políticas públicas regionais

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta