Notícias

Brasil terá dados anuais sobre emissões

País terá um sistema  que informará anualmente sobre os níveis nacionais de emissões de gases que provocam aquecimento global. A novidade pode ser apresentada ainda este ano.

Aldem Bourscheit ·
24 de setembro de 2009 · 13 anos atrás

O consultor do Ministério do Meio Ambiente Tasso Rezende de Azevedo disse hoje que o Brasil terá um sistema que informará anualmente sobre os níveis nacionais de emissões de gases que provocam aquecimento global, assim como ocorre com a divulgação das taxas de desmatamento na Amazônia. A novidade pode ser apresentada ainda este ano.

Segundo o ex-diretor do Serviço Florestal Brasileiro, todos os setores serão contemplados, transportes, geração de energia, desmatamento e afins. A medida possibilitará o conhecimento público e o planejamento de políticas contra as turbulências do clima com base em dados atualizados periodicamente. O primeiro inventário nacional de emissões usou dados até 1994. O segundo, que deve ser lançado este ano, usa números até o ano 2000.

O governo também encomendou ao Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) um estudo sobre as emissões que serão provocadas com a implementação da infraestrutura planejada em planos oficiais como o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

  • Aldem Bourscheit

    Jornalista cobrindo histórias sobre Conservação da Natureza, Crimes contra a Vida Selvagem, Ciência, Comunidades Indígenas e ...

Leia também

Notícias
20 de maio de 2022

Alto custo é principal barreira para visitação de parques

De acordo com estudo, alto custo da viagem, distância e falta de informações disponíveis são os principais obstáculos para visitação de parques naturais

Notícias
20 de maio de 2022

Presidenciáveis recebem plano para reverter boiadas ambientais de Bolsonaro

Estratégia ‘Brasil 2045’ propõe medidas para reconstruir política ambiental brasileira e fazer país retomar posição de liderança global em meio ambiente

Análises
20 de maio de 2022

O dilema de Koniam-Bebê

Ocupação indígena no Parque Estadual Cunhambebe realimenta falsa dicotomia entre unidades de conservação e territórios indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Cássio Garcez diz:

    Brilhante análise, Beto. Parabéns e obrigado por ela.