Notícias

Lou Menezes lança livro sobre rainha do cerrado

A orquídea Cattleya walkeriana em suas diversas variedades é o tema da mais nova publicação da chefe do Orquidário Nacional do Ibama.

Daniele Bragança ·
7 de julho de 2011 · 10 anos atrás
Cattleya walkeriana, a rainha do Cerrado. foto: Josie
Cattleya walkeriana, a rainha do Cerrado. foto: Josie
A orquídea Cattleya walkeriana é o tema da mais nova publicação da engenheira florestal Lou Menezes, chefe do Orquidário Nacional do Ibama. Nesse novo livro – já é o oitavo da pesquisadora feito através do Projeto Orquídeas do Brasil – Lou Menezes apresenta a popular orquídea Cattleya walkeriana, também conhecida como rainha do cerrado, em suas diversas variedades, além de abordar os temas da suaconservação, cultivo e comércio ilegal.

Lançado no dia 18 de junho, em Rio Claro (SP), durante a 67ª Exposição de Orquídeas, maior centro de exposição de orquídeas do Brasil, o livro pode ser adquirido no Orquidário Nacional do Ibama.

A Cattleya walkeriana é muito procurada, principalmente nos países asiáticos. Aqui, há uma associação de orquidófilos voltadas exclusivamente para a apreciação desta espécie: a Associação da Cattleya walkeriana (ACW), que possui uma espécie de filial no outro lado do planeta, a ACW Japan.

Lou Menezes é uma das mais respeitadas pesquisadoras de orquídeas do mundo. Em seu trabalho de mais de 20 anos de pesquisa com orquídeas, já descobriu diversas espécies e homenageou personalidades batizando as orquídeas com nomes de colegas e pessoas que se destacaram na luta pela conservação, como a ex-presidente do Ibama Maria Tereza Jorge de Pádua – que é colunista de ((o))eco) -, que batizou a orquídea Laelia purpurata Maria Tereza (espécie de Santa Catarina) e até de primeiras damas famosas como Carla Bruni e Michelle Obama.

{iarelatednews articleid=”22852″}
 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Notícias
6 de dezembro de 2021

Servidores ambientais sofrem emboscada durante fiscalização contra invasores em reserva de RO

Emboscada aconteceu no entorno do Parque Estadual Guajará-Mirim. Invasores usaram uma criança como escudo para evitar que policiais atirassem. Um servidor foi baleado

Salada Verde
6 de dezembro de 2021

General Heleno defende garimpo em áreas de fronteira na Amazônia

“Continuaremos a mapear nossas riquezas pelo bem do Brasil e do nosso povo” disse ministro do Gabinete de Segurança Institucional, em resposta à denúncia da Folha de S. Paulo

Notícias
6 de dezembro de 2021

Queimada iniciada em pasto atinge Estação Ecológica de Murici, em Alagoas

Incêndio iniciou na quinta-feira (2) e levou mais de 13 horas para ser contido. Multa para o proprietário da fazenda onde iniciou o fogo foi calculada em 312 mil reais

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta