Notícias

Lou Menezes lança livro sobre rainha do cerrado

A orquídea Cattleya walkeriana em suas diversas variedades é o tema da mais nova publicação da chefe do Orquidário Nacional do Ibama.

Daniele Bragança ·
7 de julho de 2011 · 13 anos atrás
Cattleya walkeriana, a rainha do Cerrado. foto: Josie
Cattleya walkeriana, a rainha do Cerrado. foto: Josie
A orquídea Cattleya walkeriana é o tema da mais nova publicação da engenheira florestal Lou Menezes, chefe do Orquidário Nacional do Ibama. Nesse novo livro – já é o oitavo da pesquisadora feito através do Projeto Orquídeas do Brasil – Lou Menezes apresenta a popular orquídea Cattleya walkeriana, também conhecida como rainha do cerrado, em suas diversas variedades, além de abordar os temas da suaconservação, cultivo e comércio ilegal.

Lançado no dia 18 de junho, em Rio Claro (SP), durante a 67ª Exposição de Orquídeas, maior centro de exposição de orquídeas do Brasil, o livro pode ser adquirido no Orquidário Nacional do Ibama.

A Cattleya walkeriana é muito procurada, principalmente nos países asiáticos. Aqui, há uma associação de orquidófilos voltadas exclusivamente para a apreciação desta espécie: a Associação da Cattleya walkeriana (ACW), que possui uma espécie de filial no outro lado do planeta, a ACW Japan.

Lou Menezes é uma das mais respeitadas pesquisadoras de orquídeas do mundo. Em seu trabalho de mais de 20 anos de pesquisa com orquídeas, já descobriu diversas espécies e homenageou personalidades batizando as orquídeas com nomes de colegas e pessoas que se destacaram na luta pela conservação, como a ex-presidente do Ibama Maria Tereza Jorge de Pádua – que é colunista de ((o))eco) -, que batizou a orquídea Laelia purpurata Maria Tereza (espécie de Santa Catarina) e até de primeiras damas famosas como Carla Bruni e Michelle Obama.

{iarelatednews articleid=”22852″}
 

  • Daniele Bragança

    Repórter e editora do site ((o))eco, especializada na cobertura de legislação e política ambiental.

Leia também

Notícias
20 de maio de 2024

Criação de novo órgão para combate à crise climática preocupa servidores ambientais

Possibilidade foi anunciada por Marina Silva no final de semana. Antes de criar novos órgãos, servidores pedem do governo valorização da carreira ambiental

Reportagens
20 de maio de 2024

Estudo propõe mudanças para simplificar legislação da Mata Atlântica e aumentar a conservação

Ausência de método para classificar estágios da floresta em resolução vigente dá margem para supressão de áreas que prestam importantes serviços ecossistêmicos

Notícias
20 de maio de 2024

Com apenas 4 indivíduos, cientistas alertam para extinção iminente da choquinha-de-alagoas

Ave ocorre apenas na Mata Atlântica do nordeste, entre Alagoas e Pernambuco, foi duramente afetada pelo desmatamento e hoje pode ser encontrada numa única localidade

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comentários 1

  1. Paulo Cesar Andrade diz:

    Fala Lou…sou seu primo, Paulinho do Rio, filho de Milton e Luizinha…entre em contato comigo
    [email protected]
    Bjos