Notícias

Pesca de Acará-disco garante renda no Amazonas

Na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus grupo desenvolve técnicas de manejo e agrega valor ao acará-disco.

Leilane Marinho ·
3 de maio de 2012 · 12 anos atrás

Acará-disco. Crédito: Instituto Piagaçu
Acará-disco. Crédito: Instituto Piagaçu

Demorou algum tempo para que os pescadores da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus (RDS PP), no estado do Amazonas, acreditassem que menos pode significar mais. Na verdade, além de tempo, muita pesquisa, pois foi depois de quase sete anos de estudos e diagnósticos que foi possível chegar a uma técnica para a captura do peixe ornamental acará-disco (Symphysodon aequifasciatus), conhecido em todo mundo por sua beleza de cores e excêntrico formato, bastante procurado no mundo do aquariofilia.

“Capacitamos os pescadores e agregamos valor ao peixinho, estabelecendo critérios de captura, armazenamento, transporte e geração de renda . Com todos esses cuidado o produto ganhou qualidade”, explica o biólogo Felipe Rossoni, que desde 2005 trabalha com pesquisa no Programa de Conservação e Manejo de Recursos Pesqueiros do Instituto Piagaçu.

Atualmente o Grupo Experimental de Manejadores de Peixes Ornamentais (GEMPO), formado por dez famílias de três comunidades do Lago Ayapuá , comercializa peixes que antes custavam R$ 0,80 por até R$ 40. Agora, menos peixe capturado é igual a mais renda na comercialização.  A pesca, antes desordenada, passou a ser realizada somente na época da vazante (seca amazônica), que no baixo rio Purus quase sempre acontece entre os meses de setembro e novembro. E a mortalidade que beirava até 70% em alguns casos, chegou a 0,5%.

“Este tipo de abordagem – soma de conhecimentos, gestão participativa e empoderamento local das iniciativas – pode ser um grande aliado para a conservação em vários cenários amazônicos, sobretudo em Unidades de Conservação”, completa Rossoni.

Leia também:
A Amazônia agora tem seu próprio bacalhau
Reserva de desenvolvimento de caça

 

Leia também

Notícias
1 de março de 2024

Liminar interrompe corte de árvores para circuito da Stock Car, em Belo Horizonte

Adequação de ruas do entorno do Mineirão para o circuito de rua demandava o corte de 63 árvores; deputada anuncia ato público de replantio amanhã, às 9h

Reportagens
1 de março de 2024

Lebrão invade o Brasil no rastro do desmatamento

Relatório inédito aponta prejuízos nacionais de até R$ 15 bilhões anuais com espécies exóticas vindas do mundo todo

Salada Verde
1 de março de 2024

Inscrições abertas para o 1º Seminário Paranaense de Trilhas

O evento, que será realizado em Curitiba na próxima sexta-feira (8), tem como objetivo discutir os caminhos e desafios para implementação de uma Rede de Trilhas no estado

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comentários 7

  1. Alanildo Silva diz:

    Gostaria de saber qual é a forma que você compro peixe?


  2. Guilherme diz:

    Olá, estou em busca de alguns exemplares de acara disco,sou do Rj .
    Wapp: 21994216279
    E-mail: [email protected]


  3. Ricardo diz:

    Gostaria de comprar alguns exemplares de Acará Disco, como sei que fazem exportação, creio que não haverá problemas para despachar para São Paulo – SP.
    Fico no aguardo de um possível contato ou informação de como comprar. Grato.


    1. Katlen Loureiro diz:

      Me passa um email … eu trabalho com exportação de peixe ornamental

      [email protected]


  4. Marcos diz:

    alguem pode me passar o contato de pescadores de peixes ornamentais no Amazonas?

    email: [email protected]


  5. Marcos diz:

    alguem pode me passar o contato de pescadores de peixes ornamentais no Amazonas?


    1. Alanildo Silva diz:

      Alanildo Silva,Olá boa noite qual a forma de compra este peixe?