Notícias

A baleia-franca-do-atlântico-norte e o incerto destino

No passado, baleeiros a chamavam de a "baleia certa" por ser considerada fácil de caçar. Das milhares que existiam, hoje sobrevivem apenas 300.

Redação ((o))eco ·
22 de janeiro de 2015 · 9 anos atrás

Uma baleia-franca-do-atlântico-norte ([i]Eubalaena glacialis[/i]) e seu filhote. Foto:
Uma baleia-franca-do-atlântico-norte ([i]Eubalaena glacialis[/i]) e seu filhote. Foto:

A baleia-franca-do-atlântico-norte (Eubalaena glacialis) é um mamífero cetáceo da família Balaenidae encontrado ao longo das águas temperadas da costa atlântica da América do Norte. Por sua natureza dócil, por se alimentar de forma lenta e próxima à superfície, por sua tendência de nadar próximo à costa, e por alto teor de gordura tão alto que mantém o animal boiando mesmo após a morte, baleias-francas foram um alvo preferencial para os baleeiros, que as consideravam as baleias “certas” para caçar. Estima-se que estas baleias foram extintas na região leste do Atlântico Norte e sobrevivem apenas ao longo da costa leste dos EUA e Canadá. Sob proteção da Comissão Baleeira Internacional desde 1935, a espécie ainda está ameaçada por colisões de navios, enredamento em redes de pesca e pelo tráfego marítimo. Com uma população pequena, de crescimento lento, qualquer ameaça pode ter um impacto adverso significativo, motivo pelo qual a IUCN lista o baleia-franca-do-atlântico-norte como uma espécie Em Perigo de extinção.

 

Leia Também
Os dugongos merecem mais respeito
O segundo turno da doninha-de-patas-pretas
A baleia-comum hoje é baleia-rara

 

 

 

Leia também

Notícias
19 de abril de 2024

Em reabertura de conselho indigenista, Lula assina homologação de duas terras indígenas

Foram oficializadas as TIs Aldeia Velha (BA) e Cacique Fontoura (MT); representantes indígenas criticam falta de outras 4 terras prontas para homologação, e Lula prega cautela

Notícias
19 de abril de 2024

Levantamento revela que anta não está extinta na Caatinga

Espécie não era avistada no bioma havia pelo menos 30 anos. Descoberta vai subsidiar mudanças na avaliação do status de conservação do animal

Salada Verde
19 de abril de 2024

Lagoa Misteriosa vira RPPN em Mato Grosso do Sul

ICMBio oficializou a criação da Reserva Particular do Patrimônio Natural Lagoa Misteriosa, destino turístico em Jardim, Mato Grosso do Sul

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.