Reportagens

Obama em Copenhague

Agora é oficial: a Casa Branca confirmou na tarde desta quarta que o presidente americano Barack Obama vai comparecer à Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, no início de dezembro.

Redação ((o))eco ·
25 de novembro de 2009 · 12 anos atrás

Agora é oficial: a Casa Branca confirmou na tarde desta quarta que o presidente Barack Obama vai comparecer à Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, que começa no 07 de dezembro, em Copenhague. O líder americano vai à Dinamarca no dia 09, quando as negociações estarão apenas começando, a caminho de Oslo, na Suécia, onde receberá o prêmio Nobel da Paz.

Em notas distribuídas à imprensa , o Greenpeace afirmou que Obama deu passo positivo em comprometer-se em ir a Copenhague. No entanto, criticou o momento, o começo do encontro, uma vez que as principais decisões só serão tomadas nos últimos dias. A reunião está marcada para terminar em 19 de dezembro. “Mais uma vez, cidade certa, dada errada”, ironizou o comunicado do Greenpeace, em referência a ida de Copenhague há dois meses para o anúncio da cidade campeã das Olímpiadas de 2016, quando o Rio venceu Chicago.

Além de Obama outros 65 chefes -de- estado já confirmaram a presença em Copenhague, entre eles o presidente Lula.

Outra informação confirmada pela Casa Branca é que Obama vai garantir em Copenhague os 17% de redução de emissões de gases de efeito estufa já aprovados em lei pelo Congresso dos Estados Unidos em comparação a 2005. Isso representará uma queda 30% em 2020 sobre os níveis de 1990. Espera-se que a meta possa se tornar mais ambiciosa se o Senado americano aprovar a proposta Kerry-Boxer que eleva a meta de redução de emissões para 20% até 2020.

Saiba mais sobre o encontro de Copenhague
A decepção com Obama
Novos números sobre CO2
A voz dos não desenvolvidos
A ONU espera o Brasil
 

Leia também

Salada Verde
3 de dezembro de 2021

Paraná pretende reativar trecho brasileiro de trilha histórica que liga o Atlântico ao Pacífico

Chamada de Caminhos do Peabiru, trilha tem 1.550 no trecho paranaense, que vai de Paranaguá a Guaíra. Caminho era usado por incas e guaranis, antes da colonização

Notícias
3 de dezembro de 2021

Amapá vende terras públicas invadidas a R$ 46 o hectare

Estado possui mais de 2,5 milhões de hectares de áreas ainda não destinadas. Cerca de 50% deste total é classificado como de importância biológica extremamente alta

Reportagens
3 de dezembro de 2021

Novo Código de Mineração propõe aprovação automática de milhares de processos parados na ANM

Proposta pode afetar mais de 90 mil requerimentos que aguardam aprovações técnicas e ambientais; medida ainda interfere na criação de unidades de conservação e dificulta demarcação de terras indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta