Reportagens

Ao redor de Copenhague

A cidade recebeu milhares de ativistas, diplomatas e políticos durante duas semanas . Dentro ou fora da Conferência do Clima nossos repórteres registraram o espírito do encontro. Veja galeria de fotos.

Redação ((o))eco ·
18 de dezembro de 2009 · 12 anos atrás

Marcianos do clima

Por pelo menos dois dias circularam pelos corredores do Bella Center marcianos que repetiam frases como “Me leve ao seu líder”, “Onde estão os líderes climáticos?”

Compre uma garrafa de esperança

Por todo lugar que se anda em Copenhague é fácil topar com cartazes como este da foto acima, colocado num ponto de ônibus. O detalhe é que campanha por transformar Copenhagen em Hopenhagen (hope significa esperança, em inglês) – que já caiu no discurso das autoridades dinamarquesas organizadoras da Conferência do Clima – é parte de uma propaganda de ninguém mais que a Coca-Cola. “Uma garrafa de esperança”, diz o anúncio. Neste caso em específico, algum sujeito inspirado pegou uma canetinha e respondeu à propaganda: “Cara Coca-Cola, é ótimo que vocês estejam fazendo algo de bom, mas isso não substitui tudo de ruim que vocês fazem”.


Uma tonelada de gás carbônico

Além do cubo gigante instalado pela organização da Conferência no lago Saint Jorgen, em Copenhague, logo na entrada do Bella Centre um balão representa o tamanho do volume de uma tonelada de gás carbônico. De acordo com o último relatório do economista Nicolas Stern, as emissões globais de CO2 somam 47 bilhões de toneladas por ano, e se o ritmo se mantiver, chegará a 58 bilhões de toneladas em 2020.

De cara com um urso polar

Conforme as negociações avançam, mais ativistas são encontrados nos corredores do Bella Center, trazendo um pouco das manifestações que ocorrem nas ruas de Copenhague e ao redor do mundo para bem perto das delegações que discutem o novo acordo sobre o clima. Este urso polar faz campanha para que as concentrações de carbono na atmosfera sejam limitadas a 350 partes por milhão (ppm), para que seu habitat não derreta por completo. Será uma tarefa difícil. Segundo o Centro Hadley de Meteorologia do Reino Unido, esta concentração já tinha superado as 385ppm em 2008.

Energia dos pedais

Dezenas de bicicletas estão conectadas a uma árvore de Natal no centro de Copenhague, onde as pessoas são convidadas a tramsitir um pouco da energia dos pedais para iluminar as lâmpadas LED penduradas.

Árvores que protestam

Outro protesto criativo. Este contra o uso de florestas para abater metas dos países ricos. Um dos cartazes diz, por exemplo, “Não à fraude florestal”

Uma bike criativa

Bicicletas estão por toda parte em Copenhague, mas essa aqui parece uma boa contra o vento frio e cortante

Delegação da Europa

Coletivas de imprensa da União Européia foram algumas das mais concorridas durante a reunião de Copenhague.

Negociador chefe do Brasil
Luis Alberto Figueiredo Machado, do Itamaraty, atuou como negociador-chefe da delegação brasileira. Ele também foi co-autor da primeira proposta de um texto de acordo em Copenhague
Escoteiros marcam presença na COP com vaso gigante no centro de Copenhague e em conferência no Bella Center para dizer que “são parte da solução” para o problema climático. O movimento dos escoteiros abrange 30 milhões de pessoas em 160 países.

Leia também

Salada Verde
3 de dezembro de 2021

Paraná pretende reativar trecho brasileiro de trilha histórica que liga o Atlântico ao Pacífico

Chamada de Caminhos do Peabiru, trilha tem 1.550 no trecho paranaense, que vai de Paranaguá a Guaíra. Caminho era usado por incas e guaranis, antes da colonização

Notícias
3 de dezembro de 2021

Amapá vende terras públicas invadidas a R$ 46 o hectare

Estado possui mais de 2,5 milhões de hectares de áreas ainda não destinadas. Cerca de 50% deste total é classificado como de importância biológica extremamente alta

Reportagens
3 de dezembro de 2021

Novo Código de Mineração propõe aprovação automática de milhares de processos parados na ANM

Proposta pode afetar mais de 90 mil requerimentos que aguardam aprovações técnicas e ambientais; medida ainda interfere na criação de unidades de conservação e dificulta demarcação de terras indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta