Reportagens

Lista de primatas ameaçados

Sai nova lista dos 25 primatas mais ameaçados do planeta. Espécies encontradas no Brasil deixam ranking graças a esforços de conservação. Veja fotos e ilustrações.

Redação ((o))eco ·
19 de fevereiro de 2010 · 14 anos atrás

Um relatório publicado por 85 pesquisadores listou as 25 espécies de primatas mais ameaçadas do planeta entre 2008 e 2010. O trabalho é assinado por especialistas da União Mundial para a Natureza (IUCN, em inglês), da Sociedade Internacional de Primatologia (IPS), em colaboração com a Conservação Internacional (CI). Entre as principais pressões à sobrevivência dos primatas, figuram a perda de habitat, comércio ilegal e caça comercial.

Um dos casos mais críticos é do langur-de-cabeça-dourada, com algo entre 60 e 70 indivíduos remanescentes, encontrados no Vietnã. Também acredita-se haver menos de cem espécimes do Lemur-desportista-do-norte (Lepilemur septentrionalis) em Madagáscar. A avaliação concluiu que entre os grupos de vertebrados, os primatas são o grupo mais ameaçado.

Nenhuma espécie brasileira foi incluída na lista, mas isso não significa que muitos primatas encontradas por aqui estejam totalmente fora de risco. O mico-leão-preto (Leontopithecus chrysopygus) e o mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia), que estavam na lista entre 2004 e 2006, só deixaram o ranking graças a trabalhos sérios de mais de 30 anos na recuperação dessas espécies, mas ainda requerem muito cuidado e proteção.

Confira a lista das 25 espécies de primatas mais ameaçados do planeta.

 
Madagascar
Lêmur-gentil (Prolemur simus)
Lêmur-da-cabeça-cinza (Eulemur cinereiceps)
Lêmur-preto-de-olho-azul (Eulemur flavifrons)
Lêmur-desportista-do-norte (Lepilemur septentrionalis)
Sifaka-sedoso (Propithecus candidus)

África
Galago-anão-de-Rondo (Galagoides rondoensis)
Mono roloway (Cercopithecus diana roloway)
Colobo-vermelho-do-rio-Tana (Procolobus rufomitratus)
Colobo-vermelho- do- Delta-do-Niger (Procolobus epieni)
Kipunji (Rungwecebus kipunji)
Gorila do Rio Cruz (Gorilla gorilla diehli)

Ásia
Társio-da-ilha-Siau (Tarsius tumpara)
Lóris-lento-de-Java (Nycticebus javanicus)
Langur-da-cauda-de-porco (Simias concolor)
Langur-de-Delacour (Trachypithecus delacouri)
Langur-de-cabeça-dourada (Trachypithecus p. poliocephalus)
Langur-de-cara-roxo do oeste (Trachypithecus (Semnopithecus) vetulus nestor)
Langur-de-cabeça-cinza (Pygathrix cinerea)
Langur-de-nariz-arrebitado-de-Tonkin (Rhinopithecus avunculus)
Gibão-de-crista-negra do leste (Nomascus nasutus)
Gibão-Hoolock-do-oeste (Hoolock hoolock)
Orangontango-de-Sumatra (Pongo abelii)

América do Sul e Central
Saguim-de-cabeça-de-algodão (Saguinus oedipus)
Macaco-aranha ou Coatá (Ateles hybridus)
Macaco-barrigudo-da-cauda-amarela (Oreonax flavicauda)
 

Veja ilustrações, clique na foto para ver galeria

Leia também

Salada Verde
17 de maio de 2024

Avistar celebra os 50 anos da observação de aves no Brasil

17º Encontro Brasileiro de Observação de aves acontece este final de semana na capital paulista com rica programação para todos os públicos

Reportagens
17 de maio de 2024

Tragédia sulista é também ecológica

A enxurrada tragou imóveis, equipamentos e estradas em áreas protegidas e ampliou risco de animais e plantas serem extintos

Notícias
17 de maio de 2024

Bugios seguem morrendo devido à falta de medidas de proteção da CEEE Equatorial

Local onde animais vivem sofre com as enchentes, mas isso não afeta os primatas, que vivem nos topos das árvores. Alagamento adiará implementação de medidas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.