Salada Verde

Tarde demais?

Está marcada para amanhã (10) a tão esperada audiência pública para discutir a mudança do local de construção da barragem da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira, em Rondônia. Foram convidados representantes da Agência Nacional das Águas (ANA), Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e Ibama. Na prática, a audiência não deve mudar muita coisa no curso das obras, já que o presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª região, desembargador Jirair Aram Meguerian, suspendeu na noite da última quinta-feira a liminar que impedia as obras iniciais da hidrelétrica. As atividades do Enersus, consórcio responsável pela hidrelétrica, já recomeçaram.

Salada Verde ·
9 de dezembro de 2008 · 14 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Está marcada para amanhã (10) a tão esperada audiência pública para discutir a mudança do local de construção da barragem da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira, em Rondônia. Foram convidados representantes da Agência Nacional das Águas (ANA), Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e Ibama. Na prática, a audiência não deve mudar muita coisa no curso das obras, já que o presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª região, desembargador Jirair Aram Meguerian, suspendeu na noite da última quinta-feira a liminar que impedia as obras iniciais da hidrelétrica. As atividades do Enersus, consórcio responsável pela hidrelétrica, já recomeçaram.

Leia também

Reportagens
12 de agosto de 2022

Conhecer para preservar: atrizes de Pantanal contam como se apaixonaram pelo bioma

Letícia e Malu explicam a paixão despertada pelo bioma durante as gravações e destacam importância da conservação para a região

Notícias
12 de agosto de 2022

Amazônia perdeu área equivalente à cidade de São Paulo em julho, mostra INPE

Números foram atualizados nesta sexta-feira. Desmatamento em 2022, segundo o Deter, chegou a 8.600 km², área quase do tamanho de Rio Branco (AC)

Notícias
12 de agosto de 2022

Monitoramento de baleias no Rio registra trânsito de 58 baleias próxima das ilhas Cagarras

Desde o ano passado, o Projeto Ilhas do Rio acompanha o corredor migratório das jubartes pelo litoral do Rio. Pesquisadores alertam para grande volume de lixo na rota das baleias

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta