Salada Verde

Instituto Trata Brasil lança manual sobre saneamento básico

Cartilha com 68 páginas fala da gestão, do marco regulatório e do papel da União, Estados e Municípios na universalização do serviço.

Redação ((o))eco ·
22 de outubro de 2012 · 12 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Casas sem coleta de esgoto são realidades em quase a metade dos domicílios do país. Acima, esgoto a céu aberto em uma rua de Brasília. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil.
Casas sem coleta de esgoto são realidades em quase a metade dos domicílios do país. Acima, esgoto a céu aberto em uma rua de Brasília. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil.

Motivado pelo dia da natureza, que acontece no dia 4 de outubro, o Instituto Trata Brasil lançou a cartilha com 68 páginas intitulado “Manual do Saneamento básico: entendendo o saneamento básico ambiental no Brasil e sua importância socioeconômica”.

O nome já diz que o serviço é básico, no sentido de essencial, fundamental. Mas no Brasil, os avanços na economia não se refletiram no aumento no número de brasileiros que dispõe do serviço de esgoto e água tratada. Segundo o IBGE, apenas 55,4% dos 57,3 milhões de domicílios estão ligados à rede geral de esgoto.

Apesar de normalmente se vincular saneamento como sinônimo de esgoto, o conceito é bem mais amplo. Segundo o manual, saneamento básico “é um direito assegurado pela Constituição e definido pela Lei nº. 11.445/2007 como o conjunto dos serviços, infraestrutura e instalações operacionais de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, drenagem urbana, manejos de resíduos sólidos e de águas pluviais”.

O papel dos municípios, de elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e envolver a comunidade em sua discussão, também é ressaltado na publicação: “O plano municipal é essencial na regulamentação da concessão dos serviços de abastecimento de água e coleta e tratamento de esgotos sanitários, e na elaboração de diagnósticos que ajudam os municípios na obtenção de empréstimos para obras de saneamento junto ao governo federal e instituições financeiras”.

Como bem mostrou reportagem de Cristiane Prizibisczki, aqui em ((o)) Eco, o assunto saneamento ainda é tratado como secundário nas políticas públicas brasileiras. Números como o do Censo de 2010 − mostrando que quase a metade da população não tem acesso a rede de esgoto ou que 2,6% dos domicílios não possuem banheiro (cerca de 1, 49 milhões de domicílios) − deveriam render mais discussões nas políticas públicas e nos planos de governo das eleições municipais.

Leia também

Notícias
19 de abril de 2024

Em reabertura de conselho indigenista, Lula assina homologação de duas terras indígenas

Foram oficializadas as TIs Aldeia Velha (BA) e Cacique Fontoura (MT); representantes indígenas criticam falta de outras 4 terras prontas para homologação, e Lula prega cautela

Notícias
19 de abril de 2024

Levantamento revela que anta não está extinta na Caatinga

Espécie não era avistada no bioma havia pelo menos 30 anos. Descoberta vai subsidiar mudanças na avaliação do status de conservação do animal

Salada Verde
19 de abril de 2024

Lagoa Misteriosa vira RPPN em Mato Grosso do Sul

ICMBio oficializou a criação da Reserva Particular do Patrimônio Natural Lagoa Misteriosa, destino turístico em Jardim, Mato Grosso do Sul

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comentários 2

  1. O nome já diz que o serviço é básico, no sentido de essencial, fundamental. Mas no Brasil, os avanços na economia não se refletiram no aumento no número de brasileiros que dispõe do serviço de esgoto e água tratada. Segundo o IBGE, apenas 55,4% dos 57,3 milhões de domicílios estão ligados à rede geral de esgoto.
    https://desentupidora.top/desentupidora-em-guarul


  2. Marcia diz:

    Excelente iniciativa, precisamos proteger o nosso meio ambiente! Excelente site, muito bem escrito e com ótimas dicas! Parabéns a toda a equipe por disponibilizar deste riquíssimo material.