Salada Verde

A identidade do montanhista – participe do censo!

O Censo Montanhismo 2020 está aberto! O objetivo é preencher lacunas e atualizar dados sobre os montanhistas brasileiros: trilheiros, corredores de montanhas e escaladores

Duda Menegassi ·
13 de dezembro de 2020
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

A prática de atividades esportivas nas montanhas como trilhas, escaladas e corrida de montanha tem crescido cada vez mais. Esse universo em expansão, entretanto, ainda é uma incógnita e faltam dados atualizados que ajudem a identificar quem são as pessoas que fazem parte desse movimento. Para ajudar a entender melhor esse público, a Federação de Montanhismo e Escalada de Minas Gerais iniciou as pesquisas colaborativas para o Censo Montanhismo 2020.

O formulário online é aberto para participação de qualquer pessoa interessada. O sigilo individual é garantido aos participantes. O objetivo é preencher lacunas e atualizar informações sobre quem são as pessoas que realizam atividades desportivas na montanha. O último censo foi realizado em 2015 e não incluía dados como etnias e identidade de gênero, presentes no atual censo. Para colaborar, acesse o link do formulário aqui. A participação pode ser feita até o final de janeiro de 2021. Qualquer dúvida ou apontamento, entre em contato através do e-mail [email protected] (Duda Menegassi).

 

Leia também

O outro lado da montanha

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação e montanhismo. Escreve para ((o))eco desde 2012. Autora do livr...

Leia também

Análises
10 de dezembro de 2020

O outro lado da montanha

A prática dos esportes de montanha precisa estar associada a uma conduta responsável com o ambiente e os coletivos organizados são fundamentais para garantirem isso

Reportagens
26 de outubro de 2021

Assim como desmatamento, exploração madeireira avança pelo norte de Rondônia

Divisa entre RO, MT e AM é conhecida como a “nova fronteira do desmatamento”. Do total explorado no estado, em ao menos 5 mil hectares e retirada de madeira foi feita de forma ilegal

Reportagens
26 de outubro de 2021

Banco Mundial empresta dinheiro a estados do Brasil em troca da conservação da Amazônia

Instituição financeira decide “fincar pé” na questão ambiental e impõe medidas de combate ao desmatamento em financiamentos para Mato Grosso e Amazonas, explica o executivo Renato Nardello

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta