Salada Verde

Fotografe uma unidade de conservação e ganhe uma viagem para Fernando de Noronha

Concurso promovido pela Brasília Photo Show, em parceria com Um Dia no Parque, premiará a melhor foto de unidade de conservação do Brasil. Saiba como concorrer

Daniele Bragança ·
24 de agosto de 2021
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Vão até esta quinta-feira (26) as inscrições para o concurso de fotografias que premiará a melhor foto de unidades de conservação feitas em território nacional, independente se for municipal, estadual ou federal. O concurso, iniciativa do Brasília Photo Show em parceria com Um Dia No Parque, premiará o autor da melhor foto com uma viagem para o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, em Pernambuco.  

Não será necessário produzir fotos recentes de unidades de conservação. O concurso também aceitará fotos antigas. O objetivo é mostrar a riqueza natural protegida nas unidades de conservação. 

Além da categoria Parques Nacionais, há outras categorias promovidas pelo Brasília Photo Show: Macrofotografia, randômica, Brasília 61 anos, mobilidade sobre trilhos, animal e animal PET e outras 16 categorias.  

Saiba como se inscrever

Quem pode participar? profissionais ou amadores

Qual equipamento usar? Tanto faz, smartphone, tablet, drone, máquinas de bolso e câmeras profissionais

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 26/08!

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Notícias
26 de maio de 2022

Conexão de trilhas e pessoas embala 1º Congresso Brasileiro de Trilhas

Evento que começou nesta quarta (25) e se estende até domingo, em Goiânia, conta com mais de 1.500 inscritos para discutir e fomentar a implementação de trilhas no Brasil

Salada Verde
26 de maio de 2022

A proposta de restaurar 900 campos de futebol de Mata Atlântica em dois anos

Projeto teve início no primeiro semestre de 2022 e seguirá até dezembro de 2023, com a proposta de restaurar 886.3 hectares de vegetação, sendo 720.8 em áreas de RPPNs e 165.5 em regiões do entorno

Reportagens
26 de maio de 2022

Melhorar planejamento e licenciamento reduziria impactos ferroviários à fauna

Mortandade de animais pode crescer com projetados 50 mil quilômetros de novas linhas para escoar produtos agropecuários e minerais, inclusive pela Amazônia

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta