Análises

Flores e felinos do Cabo

O Reino floral do Cabo, o único dentro de um único país, ganhou mais um motivo para ser preservado. Câmeras registraram um casal de um leopardo que se julgava já extinto.

Pedro da Cunha e Menezes ·
24 de junho de 2010 · 12 anos atrás
Kolgeberg
Kolgeberg
Recentemente, adicionalmente à tarefa de preservar o Reino floral do Cabo e suas cerca de 1.000 espécies ameaçadas, os administradores de Kogelberg viram-se às voltas com  mais um problema e dos grandes. Não reclamaram contudo. Pelo contrário, espocaram champanhe e comemoraram!!!!!!!!!!! Explica-se: semana passada, câmeras fotográficas instaladas pela ONG Cape Leopard Trust na Reserva (cuja categoria de manejo equivale a nossos Parques Estaduais) confirmaram que mais de um casal do vulnerabilíssimo leopardo do cabo perambulam por lá. Trata-se realmente de notícia para regozijo, pois acreditava-se que o diminuto leopardo do cabo estava completamente extinto na região. Com a metade do tamanho do leopardo comum africano, o leopardo do cabo é uma subespécie em vias de extinção, pois sofre com a predação por parte de fazendeiros, a redução de habitat e com as armadilhas de caçadores furtivos.

Pico Pederkop
Pico Pederkop

De agora em diante, caminhar nas belíssimas trilhas de Kogelberg, cuja beleza do Pico Pederkop, as águas límpidas do rio Palmiet e as coloridas flores do Cabo já eram de uma beleza incomparável, ganhou um atrativo a mais: justificar pelo uso do lazer a preservação de uma área outrossim cobiçada para a especulação imobiliária. Afinal ali subsiste uma das espécies de felinos mais ameaçada do mundo.

Poço no rio Palmiet
Poço no rio Palmiet

Leia também

Reportagens
26 de maio de 2022

Melhorar planejamento e licenciamento reduziria impactos ferroviários à fauna

Mortandade de animais pode crescer com projetados 50 mil quilômetros de novas linhas para escoar produtos agropecuários e minerais, inclusive pela Amazônia

Salada Verde
25 de maio de 2022

CPI/PUC lança plataforma sobre os 10 anos do Código Florestal

Ferramenta concentra análises, pesquisas e dados sobre a implementação da Lei 12.651/2012 em todos os estados brasileiros

Notícias
25 de maio de 2022

Desmatamento na Mata Atlântica cresce 66% e chega a 21,6 mil hectares em 2021

Estados que estavam perto de atingir o desmatamento zero, como São Paulo e Sergipe, voltam a apresentar alta na destruição do bioma, revela Atlas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta