Análises

Ecoturismo e Copa. O Brasil está preparado?

Na semana em que a África do Sul celebra a Copa e abre aos visitantes suas atrações turísticas, ocorreu uma tragédia nas trilhas da Cidade do Cabo.

Pedro da Cunha e Menezes ·
17 de junho de 2010 · 14 anos atrás

Na mesma semana em que o a África do Sul celebra a Copa do Mundo e abre aos inúmeros visitantes suas atrações turísticas, desenrolou-se uma tragédia nas trilhas da Cidade do Cabo. No último dia 13, um jovem norte-americano de quatorze anos morreu após cair em um precipício na trilha que liga o Jardim Botânico de Kirstenbosh à Montanha da Mesa.

Não é um caminho difícil. Bem sinalizado e bem mantido, o trajeto é percorrido por milhares de pessoas todos os anos. Acidentes acontecem em qualquer lugar. No caso do jovem de Houston, ele estava descendo a trilha às carreiras, escorregou e caiu em um precipício. Segundo a própria família os serviços de busca e salvamento foram rápidos e eficientes, mas quando chegaram não havia mais nada a fazer. A morte foi instantânea.

O que sucede, contudo, é que a Copa trás um fluxo muito grande de turistas ao país e, entre os jogos essa gente sai à passear, aumentando em muito a chance de sinistros com pessoas pouco familiarizadas ao ambiente em que visitam. O triste episódio deveria servir de alerat para nossas autoridades ambientais, afinal se na África do sul, onde as trilhas são sinalizadas e bem dotadas de infraestrutura, um episódio trágico desses aconteceu, o que sucederá quando chegar a vez do Brasil e nossos parques com trilhas mal cuidadas e sem nenhuma sinalização? Ainda há tempo para nos prepararmos, mas é preciso começar!

LEIA O ESPECIAL PALMILHANDO NO PAÍS DA COPA

Leia também

Reportagens
27 de maio de 2024

Extinção do Cristalino II pode levar à morte 12 mil macacos-aranha-de-cara-branca

Espécie, ainda pouco estudada, tem população em declínio e já é considerada Em Perigo de extinção. Unidade de conservação possui outras 11 espécies ameaçadas

Salada Verde
24 de maio de 2024

Comissão da Câmara aprova projeto que aumenta pena para crime ambiental na Amazônia

Proposta também inclui penalização de servidores e agentes públicos que se omitirem diante de tais crimes. Ascema vai avaliar conteúdo do texto

Notícias
24 de maio de 2024

Desastres ambientais afetaram 418 milhões de brasileiros em 94% das cidades, diz estudo

Levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) mostra que cada brasileiro enfrentou, em média, mais de duas situações de desastre entre 2013 e 2023

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.