Análises

Diários de Bicicleta

Redação ((o))eco ·
13 de outubro de 2011 · 11 anos atrás

David Byrne Editora Manole, selo Amarilys O músico David Byrne, do Talking Heads, reuniu anotações pessoais de viagens que fez em turnês com a banda em um livro sobre cidades, urbanismo e cicloativismo. De um jeito fácil e direto, ele divide reflexões e impressões sobre os lugares por onde passou, incluindo Berlim, Istambul, Buenos Aires, Manila, Sydney, Londres, São Francisco e Nova York. A edição brasileira conta com prefácio do Tom Zé.
“O que existe em certas cidades e lugares que incentiva atitudes específicas? Sou eu que estou imaginando que isso existe? Até onde a infraestrutura das cidades molda as vidas, o trabalho e as emoções de seus habitantes? Muito significativamente, eu imagino. Toda essa conversa sobre ciclovias, prédios feios e densidade populacional não envolve apenas essas coisas, trata-se também do tipo de gente em que essas coisas nos transformam. Eu não acho que seja imaginação minha que as pessoas que se mudam de qualquer lugar para Los Angeles inevitavelmente perdem as características do ambiente de onde vieram e acabam criando trabalhos tipo-LA e sendo pessoas tipo-LA. As atitudes criativas, sociais  e cívicas dependem do ambiente de onde vivemos? Sim, eu acredito nisso.” Trecho do livro, páginas 271 e 272  
Leia também: Byrne vai de bike

Leia também

Reportagens
29 de junho de 2022

Pesquisadores da Austrália descobrem a maior planta da Terra

Os cientistas encontraram uma erva marinha, que ocupa uma área de 180 m² com idade estimada de 4.500 anos

Notícias
28 de junho de 2022

Consema analisa licença prévia do Porto de Paratudal nesta quarta

Portos podem alterar ciclos de cheia no Pantanal e aprovação de licença prévia constitui manobra para viabilizar a hidrovia Paraguai-Paraná, alertam especialistas

Notícias
28 de junho de 2022

Promessa Oceano e investimento na economia azul são destaques do 2º dia da Conferência

O compromisso anunciado pela PNUD prevê investimentos para promover economia azul em países costeiros até 2030

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta