Colunas

Fotografia: queimadas no Vale do Paraíba

Durante o mês de setembro tempo seco e ação do homem geram o problemas para a Defesa Civil. Ensaio de fotos revela luta contra as chamas.

14 de outubro de 2011 · 11 anos atrás
  • Victor Moriyama

    Victor Moriyama é um fotojornalista brasileiro baseado em São Paulo.

“O mês de Setembro não tem sido fácil para nós”, desabafou o chefe da Defesa Civil de São José dos Campos, José Benedito, cuja equipe chegou a atender a uma média diária de 3 a 5 ocorrências de queimadas na região. O tempo seco aliado a ação do homem são os principais causadores desses pesadelos. No Brasil, as queimadas e desmatamentos são responsáveis por até 75% das emissões de carbono. São elas que colocam o país entre os 10 maiores emissores do planeta, segundo o próprio.

Em escala nacional, o problema das queimadas no estado de São Paulo é menor, tanto em área quanto em dano, quando comparado a outros estados, como Bahia, Amazonas e Pará. Entretanto, o uso da queimada está enraizado em hábitos culturais das regiões interioranas do estado, como as práticas pecuárias de renovação de pastagens ou queima de lixo caseiro, que pode sair de controle. Assim, grandes queimadas são comuns na região do Vale do Paraíba. “Se as pessoas tivessem consciência do estrago que faz uma simples bituca de cigarro acesa jogada para fora do carro na estrada, elas até parariam de fumar,” lamenta Benedito

 

Leia também

Notícias
8 de agosto de 2022

Por falha no processo, extinção do Parque Estadual Cristalino II é anulada (por enquanto)

Três dias após ter decidido pela extinção, Justiça de Mato Grosso mantém validade do decreto de criação da unidade. Certidão de "trânsito em julgado” foi tirada da ação

Reportagens
8 de agosto de 2022

Empresa que disse cancelar usina próxima à área da ararinha-azul mantém estudos para licenciamentos

O levantamento para um parque eólico e a autorização para uma usina fotovoltaica ainda constam em sistema de órgão ambiental baiano

Notícias
5 de agosto de 2022

Países pobres receberam só 8% do financiamento climático

Relatório da OCDE mostra que nações ricas ficaram US$ 17 bi abaixo da meta de financiamento para 2020 e 70% do recurso foi empréstimo

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta