Notícias

Copenhague aposta em mini parques

A capital da Dinamarca quer pontilhar sua extensão com parques de bolso, oásis para serem aproveitados bem pertinho de casa ou do trabalho.

Redação ((o))eco ·
30 de julho de 2010 · 14 anos atrás
Copenhague quer se tornar a cidade com o melhor ambiente urbano do mundo até 2015. Entre os projetos em curso está a multiplicação dos chamados parques de bolso, com até 5 mil metros quadrados, menores do que um campo de futebol. Por definição, três das suas laterais devem fazer fronteira com algum elemento da cidade, como, por exemplo, a parede de um prédio. A ideia é que eles estejam muito próximos de onde as pessoas trabalham e moram.

Um parque de bolso (…) tipicamente é criado em terrenos urbanos vazios ou irregulares. Suas funções incluem espaço para relaxar, encontrar amigos, aproveitar o intervalo de almoço, ler ou brincar. Com frequência, ficam em torno de monumentos, marcos históricos ou projetos de arte.
Um dos objetivos é fazer com que as pessoas tenham menos necessidade de pegar um carro e dirigir para fora da cidade até alcançar uma área verde. Dessa maneira, reduz-se o trânsito e a frequência dos parques naturais, o que permite que parcelas maiores dos mesmos possam ser mantidas intocadas.

Vale ler todo o artigo, que também traz uma fartura de links para outros documentos sobre eco-metrópoles.

(Eduardo Pegurier)

Leia também

Salada Verde
21 de junho de 2024

Postura de Mauro Mendes faz ICV finalizar parceira em projeto ambiental em MT

Organização cita falta de comprometimento do governador com pautas ambientais no estado. Projeto era voltado ao enfrentamento da crise climática

Notícias
21 de junho de 2024

Queimadas explodem em cinco dos seis biomas brasileiros

Número de focos registrados em grande parte do Brasil nos primeiros meses de 2024 está acima da média para o período. Pantanal segue em situação emergencial

Reportagens
21 de junho de 2024

Como um dos últimos redutos da onça-pintada no sul do Brasil deu forma a um romance

Parque do Turvo influenciou a escritora Morgana Kretzmann, que narra o cotidiano de uma guarda-florestal contra caçadores e poderosos

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.