Notícias

Mudanças climáticas: chuvas alagam florestas na Bolívia

Entre áreas afetadas pelas inundações no país estão zonas cortadas por rios no meio da Amazônia. Por conta das enchentes, 44 morreram

Redação ((o))eco ·
6 de fevereiro de 2014 · 9 anos atrás

As chuvas que fizeram o Governo da Bolívia decretar estado de emergência na semana passada se agravaram e provocaram graves problemas em diferentes regiões do país. Entre as áreas mais atingidas estão o distrito de Beni, na Amazônia boliviana, com graves impactos em zonas florestais e em áreas de pecuária e agricultura. As precipitações têm ligação com variações climáticas que afetam diferentes zonas da América do Sul.

Ao anunciar que 2013 foi um dos dez anos mais quentes desde que o monitoramento da temperatura começou (leia informe em inglês), a Organização Meteorológica Mundial anunciou a previsão de variações mais extremas de temperatura, com precipitações intensas e inundações em algumas regiões, e secas prolongadas e outras. 

 

Leia também:
Bolívia: nova reserva de área úmida com 7 milhões de hectares
Incêndios põem Bolívia entre países com maior desmatamento
Queimadas voltam a afetar municípios da Amazônia boliviana

 

 

 

Leia também

Análises
19 de agosto de 2022

Meio ambiente diferencia planos dos candidatos ao executivo de Rondônia

O ((eco)) analisou dois planos de governo dos candidatos que lideram as pesquisas em um dos campeões de derrubadas

Salada Verde
19 de agosto de 2022

De que lado está Blairo Maggi?

Como o voto do ex-ministro Blairo Maggi pode influenciar a política ambiental

Salada Verde
18 de agosto de 2022

Ciro gomes dá o tom de como pretender lidar com o meio ambiente

O presidenciável do PDT defendeu a descarbonização da economia e se posicionou contra o Marco Temporal e a mineração em Terras Indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta