Notícias

Onça-pintada: uma nova esperança

Este casal de pequenas onças-pintadas nasceu no Parque Zoobotânico Vale, no Pará. Uma ótima notícia para a espécie que está ameaçada de extinção.

Redação ((o))eco ·
11 de agosto de 2014 · 7 anos atrás

Filhotes de onças-pintadas ([em]Panthera onca[/em]) no Parque Zoobotânico Vale, no Pará. É a segunda vez que o Parque consegue reproduzir a espécie que está ameaçada de extinção. Foto: Salviano Machado/Vale
Filhotes de onças-pintadas ([em]Panthera onca[/em]) no Parque Zoobotânico Vale, no Pará. É a segunda vez que o Parque consegue reproduzir a espécie que está ameaçada de extinção. Foto: Salviano Machado/Vale

A onça-pintada (Panthera onca) é um símbolo da fauna brasileira, encontrada em todos os biomas do país. Fora daqui, o felino pode ser encontrado nas regiões quentes e temperadas do continente americano, do sul dos Estados Unidos ao norte da Argentina. O desmatamento, a fragmentação de habitats e a caça predatória por pele, dentes e patas do animal, e pela a percepção de que o animal é um risco arebanhos e animais domésticos, foram responsáveis pelo desaparecimento da espécie. Protegida internacionalemnte, a onça-pintada consta nas listas de espécies ameaçadas de extinção do ICMBio como Vulnerável e da União Internacional para Conservação da natureza (IUCN) como Quase Ameaçada.

O nascimento dos filhotes de onça, uma fêmea preta e um macho pintado, no Parque Zoobotânico da Vale aumenta a expectativa de conservação da espécie. Uma ótima notícia.

 

Leia Também
Macaco-Aranha: contempla o seu futuro
Veste-amarela, estão a lhe roubar o guarda roupa
Sabiá-Pimenta: sobrevivência nos olhos é refresco

 

 

 

Leia também

Notícias
8 de dezembro de 2021

Prefeitos definirão a faixa de proteção das matas ciliares nas cidades

Câmara rejeita mudanças vindas do Senado e conclui votação do Projeto de Lei que flexibiliza faixas de áreas de proteção permanente nas áreas urbanas

Reportagens
8 de dezembro de 2021

Governo tenta incluir garimpeiros e pecuaristas na lista de comunidades tradicionais

Proposta foi feita por secretaria ligada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, pasta comandada por Damares Alves

Reportagens
8 de dezembro de 2021

Ribeirinhos convertem-se ao ouro e desafiam contaminação por mercúrio no rio Madeira

Estimulados pelo alto lucro e desamparados de políticas que fortaleçam um modo de vida tradicional, ribeirinhos são empurrados para o garimpo; juntos, constroem pequenas balsas de até R$ 50 mil para extrair "fagulhas de ouro" do fundo do rio

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta