Reportagens

O cidadão Pachauri

Chefe do Painel Intergovernamental de Mudanças Climática (IPCC), o indiano Rajendra Pachauri, participou na noite desta segunda-feira da entrega do Earth Journalism Awards, no Danish Radio Hall em Copenhague. Diante de uma platéia de jornalistas, admiradores e organizações não governamentais, Pachauri respondeu que como chefe do IPCC não poderia expressar se apóia a proposta de limitar a temperatura do planeta a um acréscimo de no máximo 1.5º C ou 2ºC, mas mesmo sabendo que sua declaração poderia assumir as manchetes no dia seguinte, disse: “Como cidadão eu não tenho como não defender o limite de 1.5ºC”. Pachauri ganhou o prêmio Nobel da Paz em 2007. O concurso, organizado pelo Internews, escolheu as 15 melhores reportagens sobre mudanças climáticas, e O Eco venceu a categoria América Latina, levou a menção honrosa no quesito florestas e o prêmio mais prestigiado da noite, o voto popular, com a série "A trajetória da fumaça", de Andreia Fanzeres e Cristiane Prizibisczki.

Redação ((o))eco ·
15 de dezembro de 2009 · 12 anos atrás

Leia também

Salada Verde
15 de outubro de 2021

GLO ambiental não será renovada, anuncia Mourão

A operação acabou nesta sexta-feira (15). Atuação de militares não resultou em diminuição do desmatamento na Amazônia, mesmo com efetivo e orçamento maiores que dos órgãos ambientais

Notícias
15 de outubro de 2021

Justiça do México suspendeu revisão da meta climática, apresentada em 2020

Assim como o Brasil, o México revidou a meta para abaixo do estabelecido no Acordo de Paris. Greenpeace questionou na Justiça a nova NDC e ganhou

Reportagens
15 de outubro de 2021

Com acordo político, 1ª parte da Conferência da ONU sobre Biodiversidade chega ao fim na China

Mais de 100 países assinaram Declaração de Kunming, se comprometendo politicamente a preservar a biodiversidade do planeta

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta