Salada Verde

Fundação O Boticário abre edital para projetos de conservação

Interessados podem se inscrever até 31 de março em três linhas de apoio. Serão aprovadas 20 iniciativas em todo o Brasil.

Redação ((o))eco ·
13 de fevereiro de 2014 · 8 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Pato-mergulhão possui um Plano de Ação Nacional (PAN) para a manutenção das populações e a distribuição geográfica da espécie. O plano foi elaborado por financiamento Fundação Grupo Boticário. Foto: wikimédia.
Pato-mergulhão possui um Plano de Ação Nacional (PAN) para a manutenção das populações e a distribuição geográfica da espécie. O plano foi elaborado por financiamento Fundação Grupo Boticário. Foto: wikimédia.

Financiar projetos que contribuam para a conservação da natureza em todas as regiões do Brasil é o objetivo da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. Em 23 anos, essa instituição privada apoiou 1.377 iniciativas escolhidas ao longo de 58 editais. O atual foi aberto em dezembro de 2013 e ficará aberto para novas inscrições até o próximo 31 de março.

O valor total distribuído é de R$750 mil, dividido por, em média, 20 iniciativas selecionadas.

Apenas instituições sem fins lucrativo podem participar da iniciativa, como organizações não governamentais ou fundações ligadas a universidades. Os projetos devem estar alinhados aos compromissos brasileiros e internacionais de conservação da biodiversidade (Convenção da Diversidade Biológica da ONU e as Metas de Aichi) e se enquadrar em pelos menos uma das 4 linhas temáticas:

– Unidades de Conservação de Proteção Integral (continentais e marinhas) e RPPNs: criação, ampliação e execução de atividades prioritárias de seus Planos de Manejo.
– Espécies Ameaçadas: execução de ações prioritárias dos Planos de Ação Nacional (PAN) para espécies e ecossistemas e definição de status de ameaça.
– Ambientes Marinhos: estudos, ações e ferramentas para proteção e redução da pressão sobre a biodiversidade marinha.
– Políticas Públicas: implementação e fortalecimento de incentivos para conservação, instrumentos legais para fiscalização e proteção da biodiversidade, consolidação de áreas protegidas e parcerias para conservação. Essa temática é exclusiva para o Apoio a Programas.

O processo de seleção das propostas inscritas nos editais é feito por pareceres emitidos por 123 especialistas de todo o país, que atuam como consultores voluntários. A aprovação final é feita pelos membros do Conselho Curador da Fundação Grupo Boticário, que inclui profissionais de renome das áreas de conservação da natureza, direito ambiental, comunicação e gestão.
 
Para se inscrever, acesse a área de Editais no site. Em caso de dúvidas sobre o processo de submissão, os interessados podem entrar em contato pelo e-mail [email protected]

Leia Também
Advogados aderem a novo selo ambiental brasileiro
Fundação O Boticário faz concurso de fotografia
Fundação O Boticário recebe prêmio

Leia também

Reportagens
21 de outubro de 2021

Estudo aponta diretrizes para barrar a degradação acelerada de campos e savanas

As chamadas grasslands estão ameaçadas em todo o planeta, alerta um grupo internacional de pesquisadores. Solução envolve restauração e busca de alternativas de exploração econômica sustentáveis

Notícias
21 de outubro de 2021

Até 2020 Rondônia não possuía lei para regular destinação de terras públicas

Estado tem quase 30% de seu território ocupado por terras não destinadas. Briga entre Legislativo e Executivo rondonienses dificultam formalização dos processos

Reportagens
21 de outubro de 2021

Superintendente dá aval para obras que ameaçam habitat de peixe das nuvens cearense

Duplicação de rodovia no litoral do Ceará foi embargada pelo Ibama em janeiro para proteger espécie de peixe das nuvens ameaçada. Com desembargo, pesquisadores temem pela destruição do habitat já restrito da espécie

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta