Salada Verde

((o))eco fecha Semana do Meio Ambiente da PUC-Rio

Gerard Moss, Antônio Oliveira, Luiz Firmino e Pedro Menezes discutem, nessa sexta, o ciclo das águas e como conservá-lo.

Redação ((o))eco ·
5 de junho de 2014 · 8 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Gerard Moss, idealizador do projeto Rios Voadores
Gerard Moss, idealizador do projeto Rios Voadores

Na manhã desta sexta-feira (06), entre 10-12 horas, no auditório RDC da PUC-Rio, o painel “Ciclo das águas” abordará a conservação do mais essencial dos recursos, a água doce, e como enfrentar as ameaças advindas do desmatamento e consumo urbanos cada vez maiores.

Organizado pelo ((o))eco, o painel será aberto por Gerard Moss, idealizador do projeto Rios Voadores, que falará sobre sua experiência como piloto e pesquisador da ligação entre o vapor d´água produzido pela floresta amazônica e as chuvas em outras regiões do país. Antonio Martins de Oliveira, professor de hidrologia da PUC-Rio, abordará padrões pluviométricos no mundo, no Brasil, e como estamos tratando nossas águas. Luiz Firmino, urbanista, vice-governador do Conselho Mundial de Água e ex-presidente do INEA, fará uma exposição sobre gestão ambiental de bacias hidrográficas. Pedro Menezes, diplomata, colunista de ((o))eco e ex-diretor de áreas protegidas do ICMBio, contará sobre o papel das áreas protegidas na conservação de água, como o próprio Parque Nacional da Tijuca, recuperado de plantações de café no Século 19 para proteger os mananciais que supriam a cidade do Rio de Janeiro.

O evento é aberto ao público e será transmitido ao vivo pela Portal da PUC e também pelo ((o))eco.

 

Evento: 20ª Semana do Meio Ambiente da PUC-Rio
Painel: Ciclo das águas
Horário: das 10 e 12 horas.
Local: Campus PUC-Rio. Auditório RDC. Rua Marquês de São Vicente, 225, Ed.Rio Datacentro – 22451-900. Gávea – Rio de Janeiro – RJ.

 

 

Leia também
Chefes de parque do ICMBio falam dos impactos ambientais
ICMBio: servidores divulgam carta aberta contra recorte de UCs
Gestores ambientais são cúmplices do avanço das hidros

 

 

 

Leia também

Reportagens
6 de dezembro de 2021

Troca de gestão na APA de Massambaba tem motivação política, afirmam ambientalistas

Movimento pede a volta da especialista concursada que foi substituída por bombeiro. A APA protege uma área de importância ecológica no litoral fluminense e é pressionada por crimes ambientais

Salada Verde
3 de dezembro de 2021

Paraná pretende reativar trecho brasileiro de trilha histórica que liga o Atlântico ao Pacífico

Chamada de Caminhos do Peabiru, trilha tem 1.550 no trecho paranaense, que vai de Paranaguá a Guaíra. Caminho era usado por incas e guaranis, antes da colonização

Notícias
3 de dezembro de 2021

Amapá vende terras públicas invadidas a R$ 46 o hectare

Estado possui mais de 2,5 milhões de hectares de áreas ainda não destinadas. Cerca de 50% deste total é classificado como de importância biológica extremamente alta

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta