Salada Verde

Adiado debate sobre monoculturas em corredor ecológico no Piauí

Discussão sobre a liberação de lavouras de milho e soja entre os parques nacionais das Serras da Capivara e das Confusões foi postergada após pedido do MPF

Aldem Bourscheit ·
6 de dezembro de 2022 · 1 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Antes marcada para 26 de novembro, a audiência pública sobre a liberação de lavouras irrigadas de soja e milho num corredor ecológico entre os parques nacionais da Serra da Capivara e da Serra das Confusões foi postergada por 45 dias, pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semar).

O adiamento foi recomendado pelo Ministério Público Federal (MPF) até que a Apesa Agropastoril Piauiense mostre que seu projeto não prejudicará a vida selvagem, os recursos hídricos e o patrimônio arqueológico regionais. Após a publicação dos novos estudos, um novo debate será agendado em até 45 dias.

Como ((o))eco mostrou no início de novembro, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) ignorou pareceres técnicos contrários da própria autarquia e da sociedade civil para autorizar o licenciamento dos até 13 mil hectares de monoculturas pela Semar naquela região.

A manobra do órgão federal ocorreu no fim de outubro e gerou inúmeros protestos. A Fundação Museu do Homem Americano (Fundham), que administra o Parque Nacional da Serra das Confusões, publicou uma carta aberta denunciando os inúmeros riscos do empreendimento aos patrimônios cultural e natural. O documento traz um abaixo-assinado que colhe assinaturas eletrônicas contra o projeto.

  • Aldem Bourscheit

    Jornalista cobrindo histórias sobre Conservação da Natureza, Crimes contra a Vida Selvagem, Ciência, Comunidades Indígenas e ...

Leia também

Reportagens
9 de novembro de 2022

ICMBio autoriza soja entre parques nacionais no Piauí

Análises técnicas do próprio órgão e da sociedade civil foram ignoradas para o licenciamento de lavouras em corredor ecológico na Caatinga

Notícias
7 de julho de 2022

Empresa desiste de parque eólico em área da ararinha-azul

Comunicado da Voltalia divulgado à imprensa esclarece que não há intenção de construir um projeto eólico em Curaçá, na Bahia, habitat das ararinhas-azuis reintroduzidas

Reportagens
19 de maio de 2022

Pesquisa questiona ocorrência de Mata Atlântica no Piauí

O estudo caracterizou flora e vegetação de florestas estacionais em municípios na área de abrangência da Lei da Mata Atlântica no Piauí e concluiu que não há espécies botânicas exclusivas do Bioma

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.