Salada Verde

Anvisa abre consulta pública para discutir regras para agrotóxicos no Brasil

Os interessados têm até o dia 20 de outubro para dar contribuições sobre três temas: classificação, exigências para avaliação toxicológica e rotulação/bulas

Sabrina Rodrigues ·
17 de outubro de 2016 · 6 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
A plantação de soja é uma das culturas que mais utilizam agrotóxicos no Brasil. Foto: Walbron Siqueira/Flickr.
A plantação de soja é uma das culturas que mais utilizam agrotóxicos no Brasil. Foto: Walbron Siqueira/Flickr.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) abriu consulta pública, com prazo de participação até esta quinta-feira, 20 de outubro. Essa é a data limite para enviar comentários e sugestões sobre novas regras para o uso de agrotóxicos no Brasil. A agência colocou três propostas em discussão. A primeira receberá contribuições de especialistas sobre exigências para avaliação toxicológica e seus componentes; a segunda quer melhorar informações para bulas e rótulos e, por último, a terceira debaterá a classificação toxicológica de agrotóxicos e preservativos de madeira.

Os interessados devem entrar na página da Anvisa onde as consultas estão disponíveis com os seus respectivos textos e formulários para que as contribuições possam ser enviadas. Fonte: Ecodebate

Leia Também

UFRJ lança portal que reúne informações sobre agrotóxicos no país

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Salada Verde
12 de setembro de 2016

UFRJ lança portal que reúne informações sobre agrotóxicos no país

Usuário encontrará, em um único espaço, as informações oficiais fornecidas por diferentes instituições e que até recentemente se encontravam espalhadas

Notícias
1 de julho de 2022

Em vitória histórica, STF reconhece proteção do clima como dever constitucional

Com placar de 10 a 1, Supremo reconhece omissão deliberada do governo federal na gestão do Fundo do Clima e determina o restabelecimento do mecanismo

Reportagens
1 de julho de 2022

Conferência dos Oceanos traz saldo de acordos, investimentos e novas promessas

Evento organizado pelas Nações Unidas reuniu líderes globais ao longo de cinco dias e contabilizou um total de 10 bilhões de euros acordados para investimentos na economia azul

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta