Salada Verde

Bahia realiza Simpósio sobre Turismo de Observação de Baleias

O evento ocorrerá entre os dias 3 e 5 de agosto na Praia do Forte, na Bahia. Projeto Baleia Jubarte sediará a reunião que terá a presença de diversos especialistas

Sabrina Rodrigues ·
31 de julho de 2017 · 5 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O turismo de observação de baleias gera atualmente mais de dois bilhões de dólares em ingressos para comunidades costeiras em mais de 100 países e territórios. Foto: Enrico Marcovaldi/Projeto Baleia Jubarte.
O turismo de observação de baleias gera atualmente mais de dois bilhões de dólares em ingressos para comunidades costeiras em mais de 100 países e territórios. Foto: Enrico Marcovaldi/Projeto Baleia Jubarte.

O Projeto Baleia Jubarte sediará entre os dias 03 e 05 de agosto o Simpósio Internacional sobre Turismo de Observação de Baleias: Desafios e Oportunidades para o Continente. O encontro será realizado na Praia do Forte, na Bahia e coincide com a abertura da temporada reprodutiva de baleias Jubartes, na Bahia, e das Francas, em Santa Catarina.

O turismo de observação de baleias gera atualmente mais de dois bilhões de dólares em ingressos para comunidades costeiras em mais de 100 países e territórios, além disso, possui a América Latina como uma das principais áreas de expansão dessa atividade. Por isso, o evento contará com a  participação de especialistas e de operadores turísticos de países como a Argentina, Brasil, Chile, Equador e Uruguai, que debaterão sobre os desafios, oportunidades e rumos desta modalidade de Ecoturismo.

A abertura do Simpósio será feita por Adalberto “Peke” Sosa, uma das maiores autoridades no tema e pioneiro da implantação do turismo de baleias no continente. Peke iniciou os passeios turísticos com baleias na Patagônia há mais de quarenta anos. O passeio atrai mais de 130 mil turistas por ano à região.

As inscrições para o evento são gratuitas e poderão ser feitas pelo e-mail [email protected]. A inscrição não cobre refeições e a saída de campo, que pode ser contratada diretamente pelos interessados durante o Simpósio.

Programação

03 de agosto

10:30 – Cerimônia de Abertura com autoridades regionais.

11:00 – Palestra Magna: Adalberto “PekeSosa”, fundador do turismo de observação de baleias na Península Valdés, Argentina: Uma Vida Entre Baleias.

12:00 – Sergio Cipolotti, Instituto Baleia Jubarte: A Evolução do Turismo de Observação de Baleias no Nordeste do Brasil.

13:00 – Almoço

14:30 – Rodrigo García Píngaro, Organización para la Conservación de Cetáceos  -Uruguay: Desenvolvimento do Turismo de Baleias Embarcado e por Terra no Uruguai.

15:30 – Júlio Cesar Vicente, Associação de Guias de Turismo da Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca: Desafios e Oportunidades na Observação das Baleias Francas no Brasil.

16:30 – Coffee-break

17:00 – Fernando Varsky, Guia Baleeiro em Porto Pirâmide, Argentina: Projeto Patagônia Documental, Banco de imagens destinadas ao uso científico e informativo.

18:00 – Encerramento dos trabalhos

20:00 – Recepção e janta dos palestrantes convidados no restaurante do Projeto TAMAR.

04 de agosto

11:00 – Cristina Castro, Pacific Whale Foundation: Turismo de Baleias no Equador: A História de Sucesso de Puerto Lopez.

12:00 – Marinella Maldonado Ossandón, Mar y TIerraExpediciones, Chile: Baleias, Vida Selvagem e Comunidade na CaletaChañaral.

13:00 – Almoço

14:30 – José Truda Palazzo, Jr., Instituto Baleia Jubarte, Brasil: A Evolução do Uso Não-Letal dos Cetáceos na Comissão Internacional da Baleia e o Papel da América Latina.

15:30 – Mesa Redonda: Turismo de Observação de Baleias na América Latina: Status, Tendências e Caminhos para Ampliar a Cooperação Regional.

16:30 – Coffee-break

17:00 – Leitura, discussão e aprovação da Carta da Praia do Forte sobre o Uso Não-Letal dos Cetáceos na América Latina.

18:00 – Encerramento do Simpósio – Roda de Capoeira e Abertura da Festa da Baleia Jubarte – Temporada 2017.

05 de agosto

09:30 – Saída de campo para observação de baleias com operadora turística local.

Leia Também

Baleia-jubarte: a baleia artística

População de Baleia Jubarte continua crescendo

O Futuro das Baleias e um Tratado de Outro Planeta

 

 

 

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Colunas
20 de outubro de 2016

O Futuro das Baleias e um Tratado de Outro Planeta

Convenção Internacional da Baleia foi escrita em 1946 e é regida por normas definidas para um planeta que já não existe mais

Notícias
6 de setembro de 2016

População de Baleia Jubarte continua crescendo

O número de nascimento dos mamíferos poderá chegar a até 2 mil filhotes esse ano, contribuindo para a recuperação da espécie.

Notícias
20 de julho de 2013

Baleia-jubarte: a baleia artística

A homenageada da semana em ((o))eco é uma artista completa: canta e dança. E estivemos muito próximos de perder seu espetáculo para sempre.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta