Salada Verde

Em 72 horas, Polícia Federal apreende 12 caminhões com madeira ilegal no Maranhão

Total da carga apreendida chega a 319 m³. Espécies transportadas, entre elas o angelim-pedra, não possuíam documentação necessária

Cristiane Prizibisczki ·
29 de março de 2022
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

No último final de semana, entre os dias 25 e 27 de março, a Polícia Rodoviária Federal no Maranhão tirou de circulação 319,16 m³ de madeira que estava sendo transportada ilegalmente nas rodovias federais do Estado. Doze caminhões foram apreendidos.

Na maior parte dos casos, as espécies de madeira transportadas não condiziam com as constantes na documentação apresentada pelos condutores. Outras possuíam divergência na quantidade e formato. 

A prática de burlar a fiscalização misturando madeira ilegal com a legalmente cortada é conhecida como ‘lavagem de madeira’.

Os flagrantes foram feitos nas cidades de Caxias, Santa Inês, Bom Jesus das Selvas e Vitória do Mearim. Dentre as espécies encontradas pela Polícia Rodoviária Federal estava o angelim-pedra, espécie classificada como ‘Vulnerável’ na lista de espécies ameaçadas de extinção do Ministério do Meio Ambiente.

As cargas permanecem à disposição do órgão ambiental competente.

  • Cristiane Prizibisczki

    Cristiane Prizibisczki é Alumni do Wolfson College – Universidade de Cambridge (Reino Unido), onde participou do Press Fellow...

Leia também

Salada Verde
5 de maio de 2021

Justiça determina restituição de parte da madeira apreendida pela PF na Amazônia

Decisão da juíza Mara Elisa Andrade, da 7ª Vara Federal Ambiental, emitida nesta terça-feira (4) determina que parte da madeira e maquinários apreendidos pela Operação Handroanthus precisam ser devolvidos

Análises
2 de maio de 2021

Não podemos repetir o erro que cometemos com o pau-brasil

Para fazer uso econômico dos produtos madeireiros e não-madeireiros das florestas da Amazônia, devemos abandonar o modo de exploração que fizemos na Mata Atlântica

Salada Verde
7 de agosto de 2017

Amazônia maranhense já perdeu 75% de cobertura, alertam pesquisadores

Rede para a Conservação Maranhense afirma que só sobrou 25% do remanescente do bioma no Maranhão preservado e pede que governo atue para evitar o pior

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta