Salada Verde

Gestor de propriedades rurais é nomeado para Secretaria de Qualidade Ambiental

Cargo inclui a reponsabilidade pela gestão de resíduos perigosos e nomeação preocupa ambientalistas, pois pode indicar novo avanço na liberação de agrotóxicos

Duda Menegassi ·
2 de fevereiro de 2021
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Nesta segunda-feira (1º), o Ministro da Casa Civil, Walter Souza Braga Netto, nomeou Antonio Carlos Tinoco Cabral para o cargo de Secretário Adjunto da Secretaria de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente. A posição é responsável, entre outras coisas, pela gestão “ambientalmente adequada das substâncias químicas e dos produtos perigosos”, que inclui os agrotóxicos. Tinoco é formado em administração de empresas e traz no currículo a experiência como gestor de propriedades rurais (plantações de milho, soja, cana de açúçar e pecuária) e de “controle de pragas (preventivos) nas plantações”. A nomeação de Tinoco, portanto, liga o alerta sobre os próximos avanços que a pauta pode ter, com chancela de dentro do próprio Ministério do Meio Ambiente. Desde que assumiu, o governo Bolsonaro já foi responsável pela aprovação de 998 agrotóxicos.

Cabe também à Secretaria de Qualidade Ambiental o planejamento e gestão ambiental territorial e urbana; a gestão dos resíduos sólidos; propor estratégias para lidar com passivos ambientais e áreas contaminadas; o controle e prevenção da poluição; e estabelecer os critérios e padrões de qualidade ambiental.

 

Leia também

STF julgará isenção de impostos para agrotóxicos a partir desta sexta-feira

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação e montanhismo. Escreve para ((o))eco desde 2012. Autora do livr...

Leia também

Notícias
29 de outubro de 2020

STF julgará isenção de impostos para agrotóxicos a partir desta sexta-feira

Ação que tramita no Supremo desde 2016 questiona a constitucionalidade de duas cláusulas e um decreto que concederam benefícios fiscais ao setor

Notícias
20 de outubro de 2021

INPE não tem recursos garantidos para pagamento de água e luz até final do ano

Destinação de R$ 5 milhões pela AEB deu um respiro ao Instituto, mas órgão ainda aguarda verba de outras fontes para honrar despesas de funcionamento até dezembro

Notícias
19 de outubro de 2021

Adote um Parque ganha nova fase com unidades de conservação da Caatinga

Nova etapa do programa de adoção das UCs criado por Salles terá foco em trilhas e incluirá dez áreas protegidas da Caatinga, entre elas, os parques nacionais da Chapada Diamantina e de Jericoacoara

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta