Salada Verde

Ministério Público afirma que 50% das barragens de mineração correm risco no Brasil

Estudo feito pelo órgão alerta para riscos de acontecer danos iguais ou superiores aos de Mariana

Sabrina Rodrigues ·
7 de novembro de 2016 · 6 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Estudo revela que 50% das barragens do Brasil correm o risco de causar danos semelhantes ou até maior que o de Mariana. Foto: Senado Federal/Flickr
Estudo revela que 50% das barragens do Brasil correm o risco de causar danos semelhantes ou até maior que o de Mariana. Foto: Senado Federal/Flickr

Um ano após a tragédia de Mariana, um estudo realizado pelo Ministério Público Federal (MPF) revela um dado estarrecedor: 50% das barragens do Brasil correm o risco de causar danos semelhantes ou até maiores. que o de Mariana. A apuração foi realizada em 397 barragens e contou com a participação de 50 procuradores em 44 unidades. O levantamento foi baseado nas informações do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). O MPF analisou barragens em 16 estados do país e descobriu também que 60% das barragens que apresentam perigo elevado se encontram em Minas Gerais. Com a investigação, percebeu-se problemas sérios como falhas na fiscalização por conta de uma legislação obsoleta e falta de estrutura. “Estruturalmente, nada foi feito para que essa situação mudasse, ou seja, é possível, sim, que haja novas tragédias”, afirmou o ministro do Meio do Meio Ambiente, José Sarney Filho.

Fonte original: Estadão

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Notícias
15 de agosto de 2022

Licença de operação de termelétricas na Baía de Sepetiba é suspensa pelo Inea

É o segundo revés sofrido pelo empreendimento energético em uma semana. Na terça-feira, a Aneel revogou a outorga de autorização ao projeto por descumprimento de prazos

Notícias
15 de agosto de 2022

Bolsonarismo resiste na Amazônia, mas eleitores se dividem no voto a voto

É apenas na região Norte que Jair Bolsonaro lidera na pesquisa espontânea. Na estimulada, quando os eleitores são apresentados aos nomes dos concorrentes, Lula aparece em primeiro lugar, porém ambos empatam tecnicamente

Reportagens
15 de agosto de 2022

Governadores da nova fronteira do desmatamento buscam reeleição

A criação de uma zona do agronegócio na divisa do Acre, Amazonas e Rondônia (ainda) não avançou, mas a devastação da floresta disparou. Mas nada disso parece mudar a vontade do eleitorado da região

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta