Salada Verde

Monitoramento de cegonha resulta em conta de telefone exorbitante

Na Polônia, grupo ambientalista tentava estudar os hábitos migratórios da ave, mas teve uma surpresa ao descobrir o motivo pelo qual perdeu o sinal do paradeiro do animal

Sabrina Rodrigues ·
3 de julho de 2018 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
A cegonha voou cerca de 6.000 quilômetros da cidade de Siedlce, leste da Polônia, e em fevereiro, pousou no vale do Nilo Azul, no Sudão, antes de ela e o rastreador serem dados como desaparecidos. Foto: Carlos Delgado/Wikipédia.

O grupo ambientalista polonês EcoLogic colocou, no ano passado, um rastreador GPS nas costas de uma cegonha branca (Ciconia ciconia) para estudar os hábitos migratórios da ave. Até aí, nada demais. O animal voou cerca de 6.000 quilômetros da cidade de Siedlce, leste da Polônia, e em fevereiro, pousou no vale do Nilo Azul, no Sudão, antes de ele e o rastreador serem dados como desaparecidos.

No dia 07 de junho, a organização descobriu de forma nada comum o motivo pelo qual perderam o sinal da Ciconia ciconia. A EcoLogic recebeu uma conta telefônica de mais de U$ 2700 dólares, o que hoje corresponde a mais de R$ 10 mil.

Acontece que alguém, no Sudão, encontrou o rastreador na ave, removeu o cartão SIM e o colocou em seu próprio telefone, acumulando 20 horas de telefonemas. E a EcoLogic ainda terá que pagar a conta do espertinho.

Embora a cegonha branca não esteja atualmente em risco de extinção, a marcação de cegonhas desempenha um papel importante na pesquisa de ambientalistas e na conservação de aves migratórias, e os dados de rastreadores de micro-GPS podem ser usados ​​para ajudar os cientistas a avaliar os hábitos, o comportamento social e as ameaças das aves.

 

Leia Também

O que é Monitoramento Remoto de Animais

Nepal usa alta tecnologia na luta contra a caça furtiva de rinocerontes

Onças recebem colar com transmissor GPS no Pantanal

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Notícias
6 de julho de 2011

Onças recebem colar com transmissor GPS no Pantanal

Uma fêmea recém-separada dos filhotes e dois machos foram marcados para compreender suas doenças e a interação com animais domesticados.  

Salada Verde
22 de novembro de 2016

Nepal usa alta tecnologia na luta contra a caça furtiva de rinocerontes

Com o uso de coleiras de GPS e drones, o país conseguiu ficar 365 dias consecutivos sem a prática de caça furtiva

Dicionário Ambiental
30 de março de 2015

O que é Monitoramento Remoto de Animais

As tecnologias de rádio e os satélites facilitam a vida dos pesquisadores que estudam as rotinas dos animais dentro dos seus habitats.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta