Salada Verde

PAC injetará R$ 700 mi nos estados pantaneiros

Os investimentos podem prejudicar as cheias e as vazantes e a conservação de animais e plantas no Pantanal brasileiro

Aldem Bourscheit ·
29 de maio de 2024
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Os estados pantaneiros do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul receberão ao menos R$ 729 milhões na nova fase do PAC, o Programa de Aceleração do Crescimento, mantido pelo Governo Federal desde 2007. 

Bases públicas consultadas não apartam os recursos por bioma, mas servirão a obras em rodovias e pontes, linhas de transmissão de eletricidade e urbanização, empreendimentos que podem prejudicar as cheias e vazantes e a conservação de animais e plantas no Pantanal. 

O PAC promete investir no país R$ 1,4 trilhão até 2026 e outros R$ 320,5 bilhões após aquele ano. Os recursos são do Orçamento-Geral da União (OGU), de financiamentos junto a fundos e bancos públicos, de investimentos de empresas estatais e privadas e de parcerias público-privadas. 

O R$ 1,7 trilhão total está dividido nos guarda-chuvas de Cidades sustentáveis e resilientes (R$ 609,7 bilhões), Transição e segurança energética (R$ 540,3 bilhões), Transporte eficiente e sustentável (R$ 349,1 bilhões), Defesa (R$ 52,8 bilhões), Educação (R$ 45 bilhões), Saúde (R$ 30,5 bilhões), Água para todos (R$ 30,1 bilhões), Inclusão digital e conectividade (R$ 27,9 bilhões) e Infraestrutura social e inclusiva (R$ 2,4 bilhões). 

  • Aldem Bourscheit

    Jornalista brasilo-luxemburguês cobrindo há mais de duas décadas temas como Conservação da Natureza, Crimes contra a Vida Sel...

Leia também

Salada Verde
21 de junho de 2024

Postura de Mauro Mendes faz ICV finalizar parceira em projeto ambiental em MT

Organização cita falta de comprometimento do governador com pautas ambientais no estado. Projeto era voltado ao enfrentamento da crise climática

Notícias
21 de junho de 2024

Queimadas explodem em cinco dos seis biomas brasileiros

Número de focos registrados em grande parte do Brasil nos primeiros meses de 2024 está acima da média para o período. Pantanal segue em situação emergencial

Reportagens
21 de junho de 2024

Como um dos últimos redutos da onça-pintada no sul do Brasil deu forma a um romance

Parque do Turvo influenciou a escritora Morgana Kretzmann, que narra o cotidiano de uma guarda-florestal contra caçadores e poderosos

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comentários 1

  1. ALEXANDRE SEBBENN diz:

    Quero que essa gentalha do agro apodreça no inferno. SAO OS CULPADOS PELO EXTINÇÃO EM MASSA, PELAS MUDANÇAS CLIMATICAS E PELO O QUE ESTA ACONTECENDO NO RS E NO RESRTO DO PAIS. GENTALHA MENOS DO QUE NADA, UM BANDO DE CAIPIRAS QUE NAO PAGÃO IMPORTOS DEVIDO A LEI KANDIR. TOMARA QUE DE UMA CEHIA E AFOGUE TODOS ESSES CAIPIRAS MENOS DO QUE NADA, ABORTOS DA NATUREZA, MEDIUCRES.