Salada Verde

Sem Salles, Bolsonaro visita Parque Nacional da Serra da Capivara

Junto apenas do ministro do Turismo, Bolsonaro faz visita rápida e anuncia recursos para região da Serra da Capivara através do programa Investe Turismo

Duda Menegassi ·
30 de julho de 2020 · 2 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Toda vez que manchetes uniram o nome de Bolsonaro com o tema unidades de conservação, via de regra não era para dar boas notícias aos ambientalistas. Com um discurso que desde a campanha eleitoral expressa ora desprezo ora indiferença ora total ignorância sobre o que ocorre nas áreas protegidas, Jair Bolsonaro incluiu pela primeira vez um parque nacional em sua agenda oficial na presidência. A ida ao Parque Nacional da Serra da Capivara, no interior do Piauí, foi rápida. De acordo com a agenda foram 25 minutos no parque e outros 30 no Museu da Natureza. Segundo relatos, ficou encantado com o Boqueirão da Pedra Furada – um dos cartões-postais do parque onde há centenas de pinturas rupestres – e gostou muito da visita.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, acompanhou Bolsonaro na visita e prometeu investimentos de R$6 milhões para a região, que integra o programa Investe Turismo. O ministro da Defesa, General Heleno também fez parte da comitiva. Já o Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, não deu as caras por lá. São Raimundo Nonato é mesmo muito longe de São Paulo. (Duda Menegassi)

Leia também

Unidades de Conservação: Itatiaia e Alcatrazes reabrem ao público

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação, montanhismo e divulgação científica. Escreve para ((o))eco des...

Leia também

Salada Verde
29 de julho de 2020

Unidades de Conservação: Itatiaia e Alcatrazes reabrem ao público

Fechados desde março por causa da pandemia do coronavírus, o parque nacional de Itatiaia e o refúgio de vida silvestre de Alcatrazes voltam a receber visitantes, com restrições de atrativos e medidas de prevenção

Notícias
20 de maio de 2022

Alto custo é principal barreira para visitação de parques

De acordo com estudo, alto custo da viagem, distância e falta de informações disponíveis são os principais obstáculos para visitação de parques naturais

Notícias
20 de maio de 2022

Presidenciáveis recebem plano para reverter boiadas ambientais de Bolsonaro

Estratégia ‘Brasil 2045’ propõe medidas para reconstruir política ambiental brasileira e fazer país retomar posição de liderança global em meio ambiente

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta