Fotografia

As aves de toda uma vida

O fotógrafo Renato Rizzaro tem paixão pelas aves desde a infância. Além de registrar grande número de espécies, ele ajuda a conservá-las em sua reserva em Santa Catarina.

Renato Rizzaro ·
13 de dezembro de 2011 · 10 anos atrás
height=”500

Renato Rizzaro é designer gráfico e fotógrafo desde o final dos anos 70. Passou pela Folha, outros pequenos jornais e gráficas. Saiu de São Paulo em 1979 e criou uma agência de propaganda na Ilha de Santa Catarina nos anos 80/90. Em 98 conheceu Gabriela Giovanka, com quem comprou uma terra na Serra Catarinense em 2001 e transformou em RPPN. De lá pra cá, a Reserva Rio das Furnas tem sido modelo e inspiração para suas exposições e impressos, como o Guia/Cartaz de Aves da Floresta Atlântica, lançado também aqui pelo ((o))eco no ano passado.

As aves fazem parte de sua vida desde a infância, pois na sua casa, no Ipiranga, havia muitas frutíferas que eram plantadas pelo “dedo verde” de sua mãe, exclusivamente para os passarinhos. “Mamãe dizia que as frutas pra gente ela compraria, aquelas eram dos seus bichinhos. Colocava água, pão, milho picado, alpiste, tudo no quintal. Era aquela festança toda manhã, a alegria da rua! Nunca teve um passarinho na gaiola, pois dizia que se fosse para viver em gaiola passarinho não teria asa”, lembra Renato.

Possui uma bela coleção de fotos de aves que busca em suas viagens e especialmente na Reserva, sua paixão. Eis algumas, para o deleite dos leitores de ((o))eco.

 

 

 

Veja também:
Aves nativas nas matas de Santa Catarina
Concurso Avistar 2011, as mais belas aves
Imagens da linda fauna brasileira

 

 

 

Leia também

Reportagens
27 de maio de 2022

Um caminho (e um sonho) para unir a América

A construção de uma trilha pan-americana que conecte caminhos do Alasca à Patagônia parece um sonho distante, mas já há sonhadores dispostos a montar esse quebra-cabeça

Notícias
27 de maio de 2022

São Paulo registra duas décadas de poluição do ar acima do recomendado pela OMS

Em alguns pontos da cidade, concentração de poluentes foi quatro vezes maior do que o indicado, mostra estudo. Poluição mata 7 milhões de pessoas por ano no mundo

Notícias
26 de maio de 2022

Conexão de trilhas e pessoas embala 1º Congresso Brasileiro de Trilhas

Evento que começou nesta quarta (25) e se estende até domingo, em Goiânia, conta com mais de 1.500 inscritos para discutir e fomentar a implementação de trilhas no Brasil

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta