Fotografia

Preikestolen, o Púlpito de Pedra

O topo da falésia, que se ergue a 604 metros de altura, é uma das atrações turísticas mais visitadas da Noruega. Foto: Tijs Vrolix

Redação ((o))eco ·
13 de maio de 2014 · 9 anos atrás

Preikestolen se ergue sobre o Fiorde de Lyse, em Forsand, Noruega. O topo desta falésia é um quadrado, quase plano que se estende por aproximadamente por 25 m². A falésia foi formada durante a Era Glacial, cerca de 10.000 anos atrás, quando as bordas de uma geleira atingiram a montanha. A água da geleira congelou nas fendas da montanha e com o passar do tempo, rompeu grandes blocos angulares que, por sua vez, foram carregados com a retração do gelo. Daí o seu formato peculiar. Ao longo do platô rachaduras ainda existem que indicam que, no futuro, ele também vai desabar. No entanto, todas as investigações geológicas têm revelado que isto não vai acontecer tão cedo. Milênios devem passar antes deste evento. O local é seguro para visitas e assim vai ficar por muito tempo. Foto: Tijs Vrolix

 

 

Veja também
Areia de estrelas

 

 

 

Leia também

Análises
30 de novembro de 2022

Vem aí a mais importante Conferência Global de Biodiversidade da Década

Junto com a crise climática enfrentamos uma crise de perda de biodiversidade, com uma nova era de extinção. Por isso, a CoP da Biodiversidade que começa em dezembro precisa ter um papel estratégico e fundamental na tomada de decisões

Notícias
30 de novembro de 2022

Amazônia perdeu 11,5 mil km² de floresta em 2022, aponta INPE

Apesar de representar uma queda de 11% em relação à 2021, número, divulgado nesta quarta-feira (30), é o segundo maior em 14 anos

Notícias
30 de novembro de 2022

Censo registra recorde de 25 mil baleias-jubarte na costa do Brasil

Estimativa realizada pelo Projeto Baleia Jubarte confirma tendência de recuperação de jubartes no litoral brasileiro. Espécie já foi quase extinta pela caça indiscriminada

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta