Fotografia

Ilhas Chelbacheb

O arquipélago de 445 ilhas de calcário, em Palau, foi formado por antigos recifes de corais que emergiram das profundezas do Oceano Pacífico. Foto: Mark Kenworthy

Redação ((o))eco ·
9 de maio de 2014 · 8 anos atrás

As Ilhas Chelbacheb de Palau, também conhecidas como as Rocky Islands (Ilhas Rochosas, em inglês) abrangem cerca 1002 km² e incluem 445 ilhas. As ilhas estão, na maior parte, desabitadas e são famosas por suas praias, lagoas azul turquesa e o formato de “cogumelo” – base menos larga que o topo. As ilhas hospedam um complexo um sistema de recife de corais com mais de 385 espécies diferentes e variados habitats que, por sua vez, sustentam uma grande diversidade de plantas, pássaros e vida marinha, incluindo dugongos e pelo menos treze espécies de tubarões. O local abriga a maior concentração de lagos marinhos no mundo, corpos de água do mar isoladas do oceano por barreiras de terra. Esta característica das ilhas propicia um alto endemismo da flora e fauna locais e continua a surpreender com a descobertas de novas espécies. Foto: Mark Kenworthy

 

 

Veja também
Nosso lar na vastidão do espaço

 

 

 

Leia também

Notícias
1 de dezembro de 2021

Amazônia acumula 73 mil focos de incêndio em 2021, segundo dados do INPE

Há menos de uma semana, Bolsonaro voltou a afirmar que “floresta úmida não pega fogo”. Número de queimadas no Pampa segue em alta

Notícias
1 de dezembro de 2021

Audiência Pública discute projeto de lei que quer municipalizar áreas de preservação em Angra dos Reis

Projeto que altera gestão da APA Tamoios é da deputada Célia Jordão, esposa do prefeito de Angra. Cerca de 40 organizações se manifestaram contrárias ao PL

Reportagens
30 de novembro de 2021

Há 8 anos na Câmara, projeto que cria uma lei para o mar ainda não tem votação à vista

Série de reportagens investiga motivos da longa tramitação do projeto de lei que institui a Política Nacional para Conservação e o Uso Sustentável do Bioma Marinho Brasileiro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta