Notícias

Praga ambiental

Estudo feito por pesquisadores da Florida State University mostra que, pelo menos nos Estados Unidos, pescadores de fim de semana tornaram-se uma ameaça ambiental. Diz o The New York Times (gratuito, pede cadastro), com base na pesquisa, que 5% de todos os peixes trazidos a solo americano nos últimos 20 anos foram pesacados por gente que não vive dessa atividade. No mesmo período, eles foram responsáveis pela morte de 23% de espécies sob risco de extinção. Os pesquisadores dizem ainda que a regulamentação da pesca recreativa, limitando o número de peixes que podem ser retirados da água, fez muito pouco para resolver o problema. Os peixes que são soltos de anzóis voltam ao fundo do mar, rios ou lagos em estado de choque e viram presa fácil para seus inimigos naturais. Leitura de 3 minutos.

Manoel Francisco Brito ·
27 de agosto de 2004 · 19 anos atrás

Leia também

Reportagens
29 de setembro de 2023

Seca: passa de 100 o número de botos mortos em lago da Amazônia

Somente na quinta-feira (28) foram contabilizadas 70 novas mortes de botos-rosa e tucuxis no Lago Tefé (AM). Força tarefa foi criada para salvar população local

Notícias
29 de setembro de 2023

Cavalo-marinho é registrado pela primeira vez na Ilha das Palmas, na Baía de Guanabara

Peixe ósseo, considerado vulnerável, sofre com microplásticos, captura para aquários e poluição

Salada Verde
29 de setembro de 2023

Marina e Riedel prometem alinhar uma lei estadual pelo uso equilibrado do Pantanal

Grupo de trabalho terá 60 dias para contribuir com a proposta igualmente em debate no parlamento do Mato Grosso do Sul

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta