Notícias

Praga ambiental

Estudo feito por pesquisadores da Florida State University mostra que, pelo menos nos Estados Unidos, pescadores de fim de semana tornaram-se uma ameaça ambiental. Diz o The New York Times (gratuito, pede cadastro), com base na pesquisa, que 5% de todos os peixes trazidos a solo americano nos últimos 20 anos foram pesacados por gente que não vive dessa atividade. No mesmo período, eles foram responsáveis pela morte de 23% de espécies sob risco de extinção. Os pesquisadores dizem ainda que a regulamentação da pesca recreativa, limitando o número de peixes que podem ser retirados da água, fez muito pouco para resolver o problema. Os peixes que são soltos de anzóis voltam ao fundo do mar, rios ou lagos em estado de choque e viram presa fácil para seus inimigos naturais. Leitura de 3 minutos.

Manoel Francisco Brito ·
27 de agosto de 2004 · 20 anos atrás

Leia também

Reportagens
20 de junho de 2024

Da crítica ao modelo de desenvolvimento às enchentes no Rio Grande do Sul

Desde 1971, Francisco Milanez milita na Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural e dela retira a explicação para a mudança no clima que ainda vitima seu estado

Salada Verde
20 de junho de 2024

Elas chegaram: temporada de baleias-jubarte na costa brasileira

Pesquisadores brasileiros vêm acompanhando a rota migratória das jubarte para analisar os efeitos das mudanças ecossistêmicas na alimentação desses animais

Salada Verde
20 de junho de 2024

Tatu-canastra é fotografado durante o dia, em Minas Gerais

Animal de hábitos noturnos, espécie foi fotografada por Alessandro Abdala em um dia chuvoso no Parque Nacional da Serra da Canastra

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.