Notícias

Mapa global das áreas degradadas

Levantamento do World Resources Institute aponta que existem 1 bilhão de hectares de terras com oportunidade de recuperação para a agricultura.

Redação ((o))eco ·
22 de novembro de 2010 · 11 anos atrás

O World Resources Institute (WRI) lançou na semana passada uma iniciativa em parceria com o Projeto de Florestas Tropicais do Príncipe de Gales para incentivar a recuperação de terras degradadas com florestas e agricultura. O mapa abaixo feito pelo WRI com a Universidade de Dakota do Sul identificou 1 bilhão de hectares de terras ao redor do mundo, uma área superior ao território brasileiro, com potencial de recuperação.

Baixe aqui imagem do mapa em alta resolução

Tradução das legendas: Um Mundo de Oportunidade.
O Mapa Mundi visto pela perpectiva da restauração florestal. Áreas com maior probabilidade de oportunidades de restauração florestal
(1a legenda verde)Restauração em larga escala de áreas de floresta que estão atualmente degradadas, com bosques de densidade reduzida ou desmatadas. Elas têm baixa densidade populacional e não são usadas para agricultura. De alguma forma estão concentradas.
(2a legenda verde claro)Restauração no modelo mosaíco de áreas degradadas ou desmatadas, principalmente áreas de bosques. Elas não são usadas para produção agrícola. A densidade populaciona, mas o uso da terra não é intenso ou não conhecido
(Legendas amarela) Áreas com baixa probabilidade de oportunidade de restauração florestal.
(1a legenda amarela) Restauração de escala-mosaico em paisagem desmatada dominada por agricultura irrigada
(2a legenda amarela clara) Restauração de escala mosaico com paisagem desmatada com culturas não irrigadas.

Leia também

Notícias
16 de maio de 2022

Brasileiro recebe prêmio internacional por trabalho na conservação do tatu-canastra

O prêmio Future for Nature Awards 2022 reconheceu o trabalho do biólogo Gabriel Massocato no Programa de Conservação do Tatu-Canastra

Notícias
16 de maio de 2022

Deputado do AM quer flexibilizar licenciamento ambiental da BR-319 para facilitar conclusão das obras

Projeto é semelhante à manobra já tentada em 2015 pelo governo do estado para assumir competência sobre licenciamento, hoje de responsabilidade do Ibama, diz pesquisadora

Reportagens
13 de maio de 2022

Os Akroá-Gamella resistem e lutam por reconhecimento

Desde 2014, os gamella aguardam demarcação de suas terras e sofrem ataques violentos de fazendeiros da região, irritados pelo processo de retomada deste povo

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta