Notícias

Bonobos: nome engraçado, destino nem um pouco

"Parente é serpente": humanos representam a maior ameaça a estes primatas, seus parentes mais próximos.

Redação ((o))eco ·
3 de outubro de 2014 · 10 anos atrás

Foto:
Foto:

O bonobo (Pan paniscus), também chamado chimpanzé-pigmeu, é uma espécie de primata endêmica das florestas ao sul do rio Congo, na República Democrática do Congo. A espécie compartilha 98,7% de seu DNA com os seres humanos, o que faz dela, assim como os chimpanzés, nossa parente mais próxima. Isto, no entanto, não protege os bonobos da ameaça representada pelas ações humanas: a guerra civil que assola a região; a perda e alteração do habitat pela crescente população humana e pelo avanço da agricultura de corte-e-queima tradicional; e, a maior de todas, a caça ilegal destes animais para obtenção de carne ou para fins medicinais. A intensa exploração reduziu drasticamente a população e estima-se que esta redução continuará no futuro, razão pela qual a Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN classifica a espécie como ‘Em Perigo de Extinção‘.

 

 

Leia Também
Mabecos em disparada pela sobrevivência
A inocência do leão-marinho-das-Galápagos
Rabo-de-palha-de-bico-laranja: escondido na ilha
Macaco-prego-de-crista: vítima da Mata Atlântica

 

 

 

Leia também

Análises
24 de julho de 2024

Portão do Inferno, um risco para o país

Governo de MT sinaliza que aguardará fim do Festival de Inverno para iniciar desmonte de parte do paredão do Parque da Chapada dos Guimarães. ICMBio diz que obra pode inviabilizar funcionamento da UC

Salada Verde
24 de julho de 2024

A gangorra climática das árvores da Mata Atlântica

Pesquisa inédita aponta que as plantas estão subindo ou descendo montanhas em busca de temperaturas mais amenas

Notícias
24 de julho de 2024

Empresas ainda veem com ceticismo a “Lei Rouanet da Reciclagem”, recém regulamentada

Como obstáculos, instituições representativas do setor mencionam pouca transparência e dificuldade de acesso aos recursos anunciados, além de ausência de toda a cadeia produtiva

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.