Notícias

O leopardo-das-neves está numa fria

O homem é o único predador deste animal. Caça, perda de habitat e mortes por retaliação são as principais causas do risco de extinção da espécie.

Redação ((o))eco ·
31 de outubro de 2014 · 7 anos atrás

Leopardo-das-neves ([i]Panthera uncia[/i]) no Zoológico de Nuremberg. Foto:
Leopardo-das-neves ([i]Panthera uncia[/i]) no Zoológico de Nuremberg. Foto:

O leopardo-das-neves (Panthera uncia) é uma espécie de felino nativa das grandes montanhas da Ásia Central. São encontrados em 12 países, incluindo China, Butão, Nepal, Índia, Paquistão, Afeganistão, Rússia e Mongólia. Um parente próximo do tigre (Panthera tigris), a sua população global atualmente está entre 4,080-6,590 indivíduos. Suspeita-se que nos últimos 16 anos, a população tenha sido reduzida em pelo menos 20%, devido à perda de habitat e de fontes de alimentos causados pelas mudanças climáticas, à caça ilegal e conflitos com humanos. Leopardos-da-neve são frequentemente mortos por fazendeiros locais porque elas predam animais como ovelhas, cabras, cavalos e iaques. Embora protegida em todos os países onde é encontrada, as medidas de conservação da espécie esbarram na falta geral de consciência das populações destes países. A Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN classifica a espécie como ‘Em Perigo de Extinção‘.

 

 

Leia Também
Rinoceronte-negro: o tempo está se esgotando
Peixe-Napoleão: o protetor em perigo de extinção
Bonobos: nome engraçado, destino nem um pouco

 

 

 

Leia também

Notícias
20 de outubro de 2021

Desmatamento na Amazônia já chega a quase 9 mil km² em 2021, mostra Imazon

Somente em setembro foram destruídos 1.224 km² de floresta, área equivalente a mais de 4 mil campos de futebol por dia. Números sãos os maiores em 10 anos

Salada Verde
20 de outubro de 2021

Em comemoração de seus 10 anos, Onçafari lança concurso de fotografia

Fotógrafos profissionais e amadores podem se inscrever até o dia 14 de novembro. Vencedores terão a oportunidade de fotografar a fauna e flora existentes na sede da Onçafari, no Pantanal

Notícias
20 de outubro de 2021

INPE não tem recursos garantidos para pagamento de água e luz até final do ano

Destinação de R$ 5 milhões pela AEB deu um respiro ao Instituto, mas órgão ainda aguarda verba de outras fontes para honrar despesas de funcionamento até dezembro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta