Notícias

Homem é preso por matar onça-parda em Bonito

Animal foi abatido por um funcionário de uma fazenda dentro da reserva legal de propriedade. Policiais apreenderam uma espingarda e um revólver.

Fábio Pellegrini ·
21 de maio de 2015 · 6 anos atrás
Segundo os policiais, trata-se de um animal adulto. A onça-parda está na lista de animais em extinção do ICMBio na categoria vulnerável. Crédito: PMA-MS
Segundo os policiais, trata-se de um animal adulto. A onça-parda está na lista de animais em extinção do ICMBio na categoria vulnerável. Crédito: PMA-MS

Um homem foi detido ontem (20) por equipe da Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul (PMA-MS) por ter matado uma onça-parda (Puma concolor) em uma fazenda na região de Bonito, famoso destino turístico de Mato Grosso do Sul.

Os militares faziam uma barreira de rotina na rodovia MS-178, entre Bonito e Bodoquena, quando ouviram tiros vindos de uma mata próxima. Ao entrarem na propriedade, encontraram o homem, que contou ser funcionário da fazenda. Ele confessou o crime e levou os policiais até a onça-parda abatida, em uma área de reserva legal.

Na sequência, por indicação do caçador, os policiais foram até a sede da fazenda e apreenderam uma espingarda calibre 22, um revólver calibre 38 e munições, tudo sem documentação.

Ele foi levado à delegacia de Polícia Civil de Bonito, onde foi preso. A pena para a caça é de seis meses a um ano e meio de detenção, já que o animal abatido está na lista de espécies em extinção. Pela posse das armas, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 5.000,00 pelo abate do animal.

A Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul afirmou em nota que irá empalhar o animal, para que seja utilizado em trabalhos de Educação Ambiental da corporação.

 

Policiais chegaram ao local do abate por indicação do próprio caçador. Crédito: PMA-MS
Policiais chegaram ao local do abate por indicação do próprio caçador. Crédito: PMA-MS
Funcionário de fazenda que matou animal foi preso e o animal abatido será empalhado. Crédito: PMA-MS
Funcionário de fazenda que matou animal foi preso e o animal abatido será empalhado. Crédito: PMA-MS

 

 

 

Leia Também
Entenda a Lei de Crimes Ambientais
Autoridades procuram homens que mataram onça-preta com remo
Onças abatidas têm cabeças cortadas como troféu

 

 

 

Leia também

Notícias
26 de março de 2015

Onças abatidas têm cabeças cortadas como troféu

Esta semana houve dois casos envolvendo caça ilegal de onças-pintadas na Amazônia. Ambos apresentados como “demonstração de bravura”.

Notícias
19 de maio de 2015

Ibama e Polícia Federal procuram homens que mataram onça-preta com remo

Em ação gravada em vídeo, pescadores perseguem 2 onças-pretas que faziam a travessia de um rio. Uma escapa, mas a outra é morta ainda na água.

Notícias
20 de outubro de 2021

INPE não tem recursos garantidos para pagamento de água e luz até final do ano

Destinação de R$ 5 milhões pela AEB deu um respiro ao Instituto, mas órgão ainda aguarda verba de outras fontes para honrar despesas de funcionamento até dezembro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta