Notícias

De Olho nos Ruralistas abre campanha de financiamento para ampliar cobertura sobre agronegócio

Com quatro anos de cobertura sobre fatos do agronegócio, veículo independente precisa de mil assinaturas para ampliar seu trabalho

Marcos Furtado ·
24 de setembro de 2020 · 1 anos atrás

Com quatro anos de atuação na cobertura jornalística do Brasil agrário, o De Olho nos Ruralistas lançou neste mês uma campanha de financiamento coletivo para uma nova fase do trabalho que inclui acompanhar as próximas eleições municipais e as crescentes problemáticas da vida rural. O veículo de jornalismo independente estima alcançar ao menos 1000 assinaturas para manter a equipe e ampliar a cobertura sobre o outro lado do agronegócio que costuma ficar longe das manchetes publicadas na grande imprensa.

Ao longo de quatro anos, o veículo mapeou quem são os políticos envolvidos em crimes ambientais e realizou uma série de reportagens sobre desmatamento que revelou os nomes de 4600 instituições e indivíduos multados em 25 anos pelo Ibama. O observatório ainda produziu uma publicação impressa para denunciar os latifundiários de terras que fazem fronteira entre o Brasil e o Paraguai envolvidos com crimes ambientais e violências contra camponeses e indígenas.

Para realizar a apuração dessas e de outras matérias, os jornalistas do De Olho nos Ruralistas enfrentaram resistência. Em 2016, repórteres do observatório foram expulsos de uma mansão, em Brasília, onde políticos da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), se reuniram para falar sobre a eleição do presidente Câmara dos Deputados. Segundo o fundador e diretor de redação da iniciativa, Alceu Luís Castilho, há pressões jurídicas que tentam impedir a veiculação das reportagens.

Intitulada “De Olho nos Mil Parceiros”, a campanha de financiamento está aberta no site do veículo com o valor mínimo de 12 reais. Os assinantes receberão um boletim com as notícias publicadas nos boletins diários do veículo.

Assista ao vídeo da campanha que mostra os trabalhos realizados pelo De Olho nos Ruralistas desde 2016. 

 

Leia Também 

“De Olho nos Ruralistas”: uma iniciativa para pôr o agronegócio nas manchetes

 

  • Marcos Furtado

    Escreveu para ((o))eco, Estadão, Folha de SP, Colabora. Ganhou o Prêmio Santander Jovem Jornalista e teve o 3º lugar em concurso do ICFJ

Leia também

Notícias
22 de maio de 2016

“De Olho nos Ruralistas”: uma iniciativa para pôr o agronegócio nas manchetes

Projeto de observatório do agronegócio se apoia no jornalismo independente para pautar as matérias que “incomodam muita gente”

Salada Verde
3 de dezembro de 2021

Paraná pretende reativar trecho brasileiro de trilha histórica que liga o Atlântico ao Pacífico

Chamada de Caminhos do Peabiru, trilha tem 1.550 no trecho paranaense, que vai de Paranaguá a Guaíra. Caminho era usado por incas e guaranis, antes da colonização

Notícias
3 de dezembro de 2021

Amapá vende terras públicas invadidas a R$ 46 o hectare

Estado possui mais de 2,5 milhões de hectares de áreas ainda não destinadas. Cerca de 50% deste total é classificado como de importância biológica extremamente alta

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta