Notícias

Florianópolis cria a maior área protegida do município

O recém-criado Refúgio de Vida Silvestre Municipal Meiembipe ocupa cerca de 12% do município. Junto a ele foi criado também o refúgio Morro do Lampião

Duda Menegassi ·
16 de novembro de 2021

Na última quinta-feira (11), a prefeitura de Florianópolis publicou os decretos que delimitam duas novas áreas protegidas na capital catarinense para preservar remanescentes de Mata Atlântica. Entre elas, o muito comemorado Refúgio de Vida Silvestre Municipal Meiembipe, que se torna a maior área protegida de todo o município, com 5.972 hectares, o equivalente a 12% do território municipal. Junto a ele, foi criado também o Refúgio de Vida Silvestre Municipal Morro do Lampião, com 111,5 hectares.

Os principais objetivos do Refúgio de Vida Silvestre (REVIS) Meiembipe são proteger a biodiversidade – que inclui ao menos 10 espécies ameaçadas de extinção – e as nascentes de duas importantes bacias hidrográficas, Ratones e Lagoa da Conceição. A maior parte do território delimitado como refúgio, situado no complexo de maciços da porção centro-norte da Ilha de Santa Catarina, que abrange 16 bairros, já era identificado como Área de Preservação Permanente (APP).

“A transformação dessas Áreas de Preservação Permanente em uma Unidade de Conservação trará inúmeros benefícios, entre eles o fortalecimento da gestão e proteção mais rigorosa do local, com um Plano de Manejo. O REVIS terá um conselho gestor, com técnicos representantes do poder público, associações e entidades civis. Esse conselho terá o objetivo de discutir ações de proteção, recuperação, estímulo ao turismo sustentável, educação ambiental e lazer na Unidade de Conservação, entre outros programas”, explica em nota a prefeitura de Florianópolis.

Mapa mostra, em verde, a área do REVIS Meiembipe. Mapa: Prefeitura de Florianópolis/Reprodução

O prefeito Gean Loureiro (DEM), que assinou os decretos (nº 23.324/2021 e nº 23.323/2021) , acrescenta ainda que a criação é um marco importante para assegurar Florianópolis como referência de proteção ambiental. “O futuro e o progresso de qualquer cidade andam juntos com a preservação ambiental. Temos belezas naturais que precisam ser preservadas, tanto para mantermos qualidade de vida dos nossos habitantes, quanto para fomentar ainda mais o nosso turismo”, afirma.

Um Refúgio de Vida Silvestre é uma unidade de conservação de proteção integral, porém que pode ser constituída por áreas particulares, desde que os usos dos proprietários sejam compatíveis com os da área protegida.

Menor, mas estratégico

O Refúgio de Vida Silvestre (REVIS) Municipal do Morro do Lampião está localizado entre os bairros do Campeche e Rio Tavares, na porção centro-sul da ilha, e é considerado um importante conector para a fauna que se desloca entre os maciços sul e norte da Ilha de Santa Catarina. O morro é um remanescente florestal numa área densamente ocupada, que vinha sendo cada vez mais pressionado pela expansão urbana.

O local já faz parte do roteiro turístico da região, com a Trilha do Lampião, que leva ao topo do morro e ao mirante conhecido como Pedra do Urubu.

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação, montanhismo e divulgação científica. Escreve para ((o))eco des...

Leia também

Notícias
12 de novembro de 2021

Vereadores aprovam projeto que protege a Floresta do Camboatá

Por unanimidade, vereadores aprovam criação do Refúgio de Vida Silvestre da Floresta do Camboatá, no Rio de Janeiro. Projeto segue para decisão do prefeito

Notícias
5 de novembro de 2021

Deputados aprovam criação de UC que protege dunas e restinga no litoral do estado do Rio

A proposta de criação do Monumento Natural Estadual das Dunas do Peró, no município litorâneo de Cabo Frio, segue para sanção do governador

Notícias
1 de novembro de 2021

Equador anuncia criação de uma nova reserva marinha na região de Galápagos

Em anúncio feito na COP-26, o presidente equatoriano Guillermo Lasso anunciou a criação de uma nova área protegida com 60 mil quilômetros quadrados

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta