Reportagens

Imagens do desmatamento em agosto

Gustavo Faleiros ·
30 de setembro de 2008 · 14 anos atrás

A imagem abaixo captada, no dia 21 de agosto, pelo sensor Modis do satélite Terra, da Nasa, dá uma amostra do que ocorreu no sul do Pará no mês anterior, quando o estado liderou o aumento do desmatamento na Amazônia. Segundo anúncio feito nesta segunda (dia 29) pelo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, a taxa de devastação na floresta dobrou no mês de agosto em comparação com o mês anterior, atingindo 752 km2. 

Na imagem acima, pode -se ver a concentração de queimadas (um dos indícios do avanço da devastação) na área de influência da BR 163, estrada que liga Cuiabá a Santarém e está sendo asfaltada pelo Governo Federal. Em seu entorno para conter a devastação foram criadas várias unidades de conservação, que como já mostrou o Monitor também estão em chamas. Aliás o exemplo da BR 163 como um indutor de desmatamento foi o que levou o Ministério do Meio Ambiente a cancelar o licenciamento de outra rodovia na Amazônia, a BR 319. Leia reportagem sobre o tema. Abaixo, também em uma imagem do Satélite Terra com arte d’OEco, pode-se enxergar o que foi que assustou o ministro Carlos Minc e o fez parar a licença para o asfaltamento. A foto foi tirada pelo sensor Modis no dia 30 de agosto. Os pontos vermelhos são as queimadas, que segundo informações recentes avançam cada vez mais de Rondônia para o sul do Amazonas (G. Faleiros)

 

  • Gustavo Faleiros

    Editor da Rainforest Investigations Network (RIN). Co-fundador do InfoAmazonia e entusiasta do geojornalismo. Baterista dos Eventos Extremos

Leia também

Reportagens
17 de maio de 2022

Amazônia tem mais de 425 mil famílias sem energia elétrica

Brasil avança na universalização da energia, mas população de áreas remotas da Amazônia ainda demandam acesso à eletricidade. Pandemia atrasou cronograma

Notícias
17 de maio de 2022

Para beneficiar pecuária, Acre reduz em até 80% imposto sobre comercialização de gado

ICMS a ser pago por pecuaristas acreanos cai de 12% para 2,4% na venda para alguns estados. Medida pode resultar em mais desmatamento, diz pesquisadora

Análises
17 de maio de 2022

Oportunidades e desafios para a implementação do Código Florestal brasileiro

A lentidão na implementação do Código Florestal representa o desperdício de uma valiosa oportunidade de transformar o uso da terra no Brasil

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta