Reportagens

Desmatamento ao extremo

Peixoto de Azevedo (MT), cidade que sofreu com secas na Amazônia, agora pede ajuda para lidar com enchentes.

Redação ((o))eco ·
28 de janeiro de 2010 · 12 anos atrás

O município amazônico que em 2007 declarou estado de emergência por causa da seca, este ano pede ajuda ao governo federal porque não aguenta mais as chuvas. Peixoto de Azevedo, no norte de Mato Grosso, há tempos vive sem a imensidão de florestas. O processo de colonização arrasou solos, contaminou rios, derrubou as árvores e deixou a população à mercê de cada vez mais intensas e extremas intempéries, a exemplo de dezenas de outras cidades na região. A administração muncipal quer auxílio para tornar as estradas trafegáveis, reestabelecer comunicação e recuperar parte da cidade, que ficou inundada.

Leia mais:

Aqui se faz, aqui se paga

Leia também

Reportagens
21 de outubro de 2021

Estudo aponta diretrizes para barrar a degradação acelerada de campos e savanas

As chamadas grasslands estão ameaçadas em todo o planeta, alerta um grupo internacional de pesquisadores. Solução envolve restauração e busca de alternativas de exploração econômica sustentáveis

Notícias
21 de outubro de 2021

Até 2020 Rondônia não possuía lei para regular destinação de terras públicas

Estado tem quase 30% de seu território ocupado por terras não destinadas. Briga entre Legislativo e Executivo rondonienses dificultam formalização dos processos

Reportagens
21 de outubro de 2021

Superintendente dá aval para obras que ameaçam habitat de peixe das nuvens cearense

Duplicação de rodovia no litoral do Ceará foi embargada pelo Ibama em janeiro para proteger espécie de peixe das nuvens ameaçada. Com desembargo, pesquisadores temem pela destruição do habitat já restrito da espécie

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta