Salada Verde

Consórcio de Jirau acata recomendações do MPF

Em nota distribuída à imprensa, empresas que constroem hidrelétrica no rio Madeira explica como está lidando com problemas apontados por promotores.

Redação ((o))eco ·
1 de novembro de 2010 · 11 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Nesta segunda-feira, ((o))eco recebeu através da assessoria de comunicação do consórcio Energia Sustentável do Brasil uma nota de esclarecimento sobre as denúncias feitas pelo Ministério Público com relação ao cumprimento de condicionantes socioambientais na construção da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira (RO) .

Segundo a concessionária, os problemas relacionados a realocação e indenização dos moradores do distrito de Mutum Paraná, em Porto Velho, já estão sendo tratados. Entre outros problemas, o MPF apontou a falta de serviços básicos nos novos assentamentos, como saneamento e coleta de lixo.

Leia aqui a nota completa.

Leia também:

Jirau não cumpre condicionantes

Leia também

Reportagens
27 de outubro de 2021

Estados da Amazônia não estão preparados para eventos climáticos extremos, mostra estudo

Nenhum dos nove estados possui sistema de alertas ou planos de contingência para lidar com inundações, secas, incêndios ou ondas de calor

Análises
27 de outubro de 2021

Um olhar sobre 36 anos da Mata Atlântica – o que aconteceu entre 1985 e 2020 e para onde vamos

O bioma mais impactado pela presença humana ao longo de toda a história do país permaneceu com intensa transformação do seu território nas últimas 3,5 décadas

Reportagens
27 de outubro de 2021

Lobby do agronegócio reduz transparência ambiental de estados e favorece desmatamento

Governadores cedem a interesses de produtores rurais e bloqueiam ou dificultam acesso a dados públicos que poderiam apontar quem está derrubando a floresta ilegalmente

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Paulo diz:

    Tudo macunado. Bagaçada.