Salada Verde

Consórcio de Jirau acata recomendações do MPF

Em nota distribuída à imprensa, empresas que constroem hidrelétrica no rio Madeira explica como está lidando com problemas apontados por promotores.

Redação ((o))eco ·
1 de novembro de 2010 · 11 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Nesta segunda-feira, ((o))eco recebeu através da assessoria de comunicação do consórcio Energia Sustentável do Brasil uma nota de esclarecimento sobre as denúncias feitas pelo Ministério Público com relação ao cumprimento de condicionantes socioambientais na construção da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira (RO) .

Segundo a concessionária, os problemas relacionados a realocação e indenização dos moradores do distrito de Mutum Paraná, em Porto Velho, já estão sendo tratados. Entre outros problemas, o MPF apontou a falta de serviços básicos nos novos assentamentos, como saneamento e coleta de lixo.

Leia aqui a nota completa.

Leia também:

Jirau não cumpre condicionantes

Leia também

Notícias
7 de dezembro de 2021

Movimento contra a especulação imobiliária abraça a Lagoa de Itaipu

Sociedade civil de Niterói protesta contra especulação imobiliária e pede para que o poder público não licencie nenhuma obra no entorno da lagoa

Notícias
7 de dezembro de 2021

Desmatamento está diretamente associado a baixo índice de progresso social na Amazônia

Municípios que mais desmataram no bioma Amazônico registram Índice de Progresso Social (IPS) 21% menor que o índice nacional, mostra estudo conduzido pelo Imazon

Notícias
7 de dezembro de 2021

Websérie de ((o))eco mostra natureza que resiste na Baía de Guanabara

"Guanabara: baía que resiste" estreia nesta terça-feira com histórias inspiradoras sobre conservação e soluções baseadas em natureza na região da Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Treep diz:

    Lugar perfeito e repleto de natureza!
    Eu ainda não sabia da existência e agora já quero estar lá!